Emily Brontë. O vento da noite. Tradução de Lúcio Cardoso. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016. 154 p.

Autores

  • Denise Bottmann

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n3p370

Palavras-chave:

Resenha, O vento da noite, Tradução

Resumo

Resenha sobre o relançamento do volume de poemas de Emily Brontë, O vento da noite, em tradução de Lúcio Cardoso.

Biografia do Autor

Denise Bottmann

Formada em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR,1981). Mestre em História pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1985). Doutorado inconcluso em Filosofia (UNICAMP). Tem experiência na área de docência e pesquisa em História e Epistemologia das Ciências Humanas. Atua na área de tradução de obras de literatura e humanidades desde 1984. Atualmente dedica-se a atividades de tradução e pesquisas sobre a história da tradução no Brasil.

Downloads

Publicado

2016-09-06

Edição

Seção

Resenhas de Tradução