O desafio da tradução entre língua portuguesa e libras diante do fenômeno da sinonímia

Márcia Monteiro Carvalho, Marília do Socorro Oliveira Araújo

Resumo


A pesquisa está voltada para o fenômeno da sinonímia na tradução entre Língua portuguesa (LP) e Libras, como foco o trabalho do profissional intérprete de Libras. Objetiva-se analisar a sinonímia nas referidas línguas como também verificar a valorização semântica entre as sentenças traduzidas pelo intérprete de Libras. O aporte teórico é formado por Lyons (1981); Ilari e Geraldi (2006); Câmara Jr. (2002), além dos estudos de Lacerda (2009) e Rosa (2008). Utilizamos abordagem quantitativa e qualitativa. Obtemos as traduções para análises a partir de sentenças escritas em português e submetidas a traduções por intérpretes de Libras do munícipio de Abaetetuba-Pa. Constatou-se que a sinonímia, por ser um processo constitutivo da tradução, é essencial para garantir o sentido na língua de chegada. Assim, qualquer perda semântica como verificada nas análises das traduções com o sentido literal e no acréscimo de informação pelo intérprete na tradução, provocou prejuízos ao processo sinonímico. Consequentemente, o trabalho do intérprete de Libras é muito importante para os surdos e a tradução precisa ser realizadas com ética e responsabilidade. Precisa ser um recurso para atender à compreensão do surdo de uma língua que ele não ouve.




Palavras-chave


Intérprete; Tradução; Sinonímia; Língua portuguesa; Libras

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

ARAÚJO, Mariângela de. A elaboração de um dicionário terminológico da economia: aspectos da sinonímia nos discursos especializados. Tese (Doutorado em Letras) Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, FFLCH, São Paulo, 2006.

CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) Acesso em: 04/05/2016 às 16h e 19 min.

CHOMSKY, Noam. Sobre a natureza e linguagem; (orgs) Adriana Belletti e Luigi Rizzi. Tradução: Marylene Pinto Michel; revisão da tradução: Evandro Ferreira e Silva. SP: Martins Fontes, 2006.

FENEIS (Federação Nacional de Integração e Educação dos Surdos) Acesso em: 08/06/2016 às 09:43.

FERNANDES, Eulália; CORREIA, Cláudio Manoel de Carvalho (Orgs). Surdez e Bilinguismo: Aquisição e desenvolvimento da linguagem das crianças surdas. Porto Alegre, Editora Mediação, 2011.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 4 ed. Curitiba: Ed. Positivo, 2009.

ILARI, Rodolfo; Geraldi, João Wanderley. Semântica. São Paulo: Ática,2006.

JR., J. Mattoso Câmara. Dicionário de linguística e gramática. Petrópolis, Editora Vozes, 2002.

LACERDA, Cristina B.F. de. Intérprete de libras em atuação na educação infantil e no ensino fundamental. Porto Alegre: Mediação, 2009.

LEI nº10.436, de 24 de abril de 2002. Acesso em: 08/06/2016 às 17:48 min.

LEI DO INTÉRPRETE Acesso em: 12/08/2016 às 10:57 min.

LIMA, E. S.; CRUZ, R. T. da. Alguns aspectos semânticos da LIBRAS: Um estudo do léxico de seus sinais em suas relações de Sinonímia, Homonímia, Homógrafas e Polissemia. In: CONGRESO INTERNACIONAL ASOCIACIÓN DE LINGÜÍSTICA Y FILOLOGÍA DE AMÉRICA LATINA, XVII, 2014, Paraíba. Anais... João Pessoa: ALFAL, 2014. p. 1523-1540.

LYONS, John. Language and linguistics. [Tradução autorizada da primeira edição inglesa, publicada em 1981 por Cambridge University Press, Inglaterra]. Tradução Marilda Winkler Alverburg; Clarisse Sieckenius de Souza. LTC editora, 1987.

QUADROS, Ronice Muller de. O tradutor e intérprete de língua de sinais brasileira e língua portuguesa. Secretaria de Educação Especial; Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos. Brasília: MEC, 2004.

QUADROS, Ronice Muller de; KARNOPP, Lodenir Becker. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

ROSA, Andrea da Silva. Entre a visibilidade da tradução de sinais e a invisibilidade da tarefa do intérprete. Campinas, SP, 2008.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de Linguística Geral. São Paulo. Cutrix, 2006.

VANOY, Francis. Usos da linguagem: problemas e técnicas na produção oral e escrita. Coordenação da edição brasileira Haquira Osakabe; [tradução e adaptação Clarisse Madureira Sabóia] 12ª ed. SP: Martins Fontes, 2003.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2017v37n2p208



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.