O método de Elizabeth Bishop na tradução de poemas brasileiros.

Autores

  • Eduardo Luis Araújo de Oliveira Batista Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

teoria da tradução, literatura brasileira, Elizabeth Bishop.

Resumo

Na tentativa de identificar o método utilizado por Elizabeth Bishop nas traduções que realizou de poemas brasileiros, parte-se de suas próprias idéias concernentes à criação poética reunidas as suas considerações sobre os trabalhos que realizou e sobre a tradução de um modo geral. Reconhecendo o método literal como proposta tradutória de Bishop, procurase esclarecer como seu método articula-se com suas posições ideológicas e de que forma ambos refletem-se nos textos traduzidos.

Biografia do Autor

Eduardo Luis Araújo de Oliveira Batista, Universidade Federal de Minas Gerais

Possui graduação em Letras - Tradução da Língua Inglesa, pela Universidade Federal de Ouro Preto (1997) e mestrado em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003). Atualmente doutorando em Teoria e História da Literatura na UNICAMP (início 2006). Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Tradução Literária, Literatura Comparada, Teoria da Tradução, Literatura de Viagem e Elizabeth Bishop.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

Artigos