As limitações dos sistemas de metas

Autores

  • Mário Teixeira Reis Neto Centro Universitário UNA
  • João Henrique Soares do Couto Universidade Fumec
  • Carlos Alberto Gonçalves Programa de Mestrado em Administração da Universidade Fumec

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2011v13n29p112

Palavras-chave:

Teoria das metas. Limites da teoria das metas. Sistemas de medição.

Resumo

Neste ambiente de grandes incertezas em que as organizações estão inseridas, a correta utilização de um sistema de medição pode significar vantagem competitiva e desempenho. Este ensaio procura esclarecer os limites dos sistemas de medição, verificando se a utilização de metas de resultado é suficiente para que uma empresa tenha um desempenho superior. O objetivo é analisar a teoria das metas sob um olhar crítico, observando os limites da utilização de diversos tipos de metas, até mesmo no serviço público. Buscou-se fazer uma análise das pesquisas dos autores que defendem a utilização de metas para se ter desempenho e, a partir das suas premissas, analisar os estudos dos autores que as criticam, mostrando que elas podem causar, dependendo da situação, sérios danos financeiros e à imagem da organização. Após essa análise, verificou-se que as metas possuem um importante papel no aumento do desempenho da organização, todavia, deve-se ter certo cuidado na sua utilização, pois elas podem levar as pessoas a comportamentos não éticos, à inibição da cooperação e do aprendizado organizacional, entre outros.

Biografia do Autor

Mário Teixeira Reis Neto, Centro Universitário UNA

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais

João Henrique Soares do Couto, Universidade Fumec

Mestrando em Administração pela Universidade Fumec

Carlos Alberto Gonçalves, Programa de Mestrado em Administração da Universidade Fumec

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2011-04-18

Edição

Seção

Artigos