As limitações dos sistemas de metas

Mário Teixeira Reis Neto, João Henrique Soares do Couto, Carlos Alberto Gonçalves

Resumo


Neste ambiente de grandes incertezas em que as organizações estão inseridas, a correta utilização de um sistema de medição pode significar vantagem competitiva e desempenho. Este ensaio procura esclarecer os limites dos sistemas de medição, verificando se a utilização de metas de resultado é suficiente para que uma empresa tenha um desempenho superior. O objetivo é analisar a teoria das metas sob um olhar crítico, observando os limites da utilização de diversos tipos de metas, até mesmo no serviço público. Buscou-se fazer uma análise das pesquisas dos autores que defendem a utilização de metas para se ter desempenho e, a partir das suas premissas, analisar os estudos dos autores que as criticam, mostrando que elas podem causar, dependendo da situação, sérios danos financeiros e à imagem da organização. Após essa análise, verificou-se que as metas possuem um importante papel no aumento do desempenho da organização, todavia, deve-se ter certo cuidado na sua utilização, pois elas podem levar as pessoas a comportamentos não éticos, à inibição da cooperação e do aprendizado organizacional, entre outros.


Palavras-chave


Teoria das metas. Limites da teoria das metas. Sistemas de medição.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2011v13n29p112

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.