Mindset, dificuldades em se empreender e o Potencial Empreendedor: uma abordagem confirmatória com estudantes graduandos em administração

Autores

  • Frederico Leocádio Ferreira Doutorando em Administração Linha: Estratégia, Marketing e Inovação CEPEAD/UFMG http://orcid.org/0000-0002-1038-9940
  • Pâmella Otone Bandeira Bacharel em Administração Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
  • Carlos Alberto Gonçalves Professor Doutor Titular Sênior – Programa de pós graduação em Administração – CEPEAD/UFMG Linha: Estratégia, Marketing e Inovação https://orcid.org/0000-0003-1222-141X

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2019v21n55p51

Palavras-chave:

Potencial Empreendedor, Mindset de crescimento, Mindset fixo, Dificuldades para empreender.

Resumo

O Mindset de crescimento é uma atitude voltada para o desenvolvimento contínuo, que pode ser potencializada em indivíduos buscando um maior desempenho, engajamento e qualidade de vida. O conceito vêm sendo aplicado relacionado à variáveis que remetem à academia, como desempenho acadêmico e criatividade, mas é necessário relacioná-lo à variáveis organizacionais. Esse trabalho buscou analisar a relação entre o Mindset de crescimento, o Mindset fixo, o Potencial Empreendedor e as Dificuldades para se empreender percebidas por estudantes de Administração em Belo Horizonte/MG. A pesquisa adotou uma abordagem quantitativa transversal, apresentando os resultados por meio de uma análise fatorial confirmatória e com dados coletados via survey. Como resultado, dentre as variáveis, somente o Mindset de crescimento apresentou uma relação positiva com o Potencial Empreendedor. Para futuras pesquisas, sugere-se a aplicação da metodologia em amostras maiores, em diferentes contextos culturais e organizacionais, visando uma generalização dos resultados.

Biografia do Autor

Frederico Leocádio Ferreira, Doutorando em Administração Linha: Estratégia, Marketing e Inovação CEPEAD/UFMG

Doutorando em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Linha: Estratégia, Marketing e Inovação. Mestre em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG - Linha: Estratégia, Marketing e Inovação. Graduado no curso Bacharelado em Administração pelo Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG Campus Bambuí. Membro do Núcleo de ensino e pesquisa em mercadologia e estratégia em operações - NUME, membro do Neurofaces e coordenador do Grupo de estudos Faces da inovação (mar/2018 a dez/2018). Atua na área de: Práticas de consumo, comportamento do consumidor, estudos de gênero, consumo LGBT, estratégia comportamental, Mindset de crescimento, aprendizado organizacional, empreendedorismo. Membro titular do colegiado do curso superior em Administração do Instituto Federal de Minas Gerais de jul/2015 a jun/2016, membro do colegiado da pós-graduação em Administração do CEPEAD/UFMG - mar/2018 até março/2019.

Pâmella Otone Bandeira, Bacharel em Administração Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Graduada em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais . Trabalha na empresa LIB Embalagens como Assistente Administrativo.

Carlos Alberto Gonçalves, Professor Doutor Titular Sênior – Programa de pós graduação em Administração – CEPEAD/UFMG Linha: Estratégia, Marketing e Inovação

Concluiu o doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), 1986; Mestre em Ciências em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ), 1976. Foi professor do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na área de Software Básico e Matemática Computacional. Atualmente, é professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Titular da Fundação Mineira de Cultura, Universidade FUMEC. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Administração nas Universidades UFMG e FUMEC. Foi coordenador do Colegiado de Curso de Pós-Graduação em Administração na Universidade FUMEC; foi Coordenador do Colegiado de curso de graduação em Ciência da Computação e Coordenador do Colegiado do Curso de Tecnólogo em Computação da UFMG. Foi Professor de Física do Colégio Universitário da UFMG/COLUNI. Atuou no comitê Científico de Estratégia em Organizações ESO/ANPAD e como Coordenador da divisão ESO/ANPAD. Publicou vários artigos em periódicos especializados e apresentou trabalhos em congressos e eventos nacionais e internacionais; possui vários livros publicados, organizados e capítulos; participou do desenvolvimento de inúmeros trabalhos técnicos; organizou eventos de inovação e participou de vários eventos no exterior e no Brasil. Membro do Comitê de Estratégia da União Brasileira da Qualidade (UBQ MG). Coordenador do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Mercadologia e Estratégia em Organizações (NUME). Orientou inúmeras Teses de Doutorado, Dissertações de Mestrado, Trabalhos de Conclusão de Curso de Especialização e Iniciação Científica nas áreas de Administração e Ciência da Computação. Recebeu vários prêmios e/ou homenagens acadêmicas (como pode ser visto no Lattes). Atua na área de Administração com ênfase em Teorias da Estratégia das Organizações, Mercadologia, Sistemas de Inovação, Novos Métodos de Pesquisa em Administração e Neurociência Aplicada. (Extraído do Lattes, 20/12/2018)

Referências

BAGGIO, A.F.; BAGGIO, D.K. Empreendedorismo: Conceitos e definições. Revista de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, v. 1, n. 1, p. 25-38, 2015.

BEDFORT, S. Growth mindset and motivation: a study into secondary school Science learning. Research Papers in Education, v.32, n.4, p.424–443, 2017.

BERUCHASHVILI, M.; MOISIO, R.; HEISLEY, D.D. What are you dieting for? The role of lay theories in dieters; goal setting. Journal of Consumer Behaviour, v.13, n.1, p.50-59, 2014.

BOWER, M.; KONWERSKI, P. A Mindset for Career Curiosity: Emerging Leaders Working in the Digital Space. New Directions for Student Leadership, v.2017, n.153, p.89–101, 2017.

BRAUM, L. M. S.; NASSIF, V. M J. Futuros Empreendedores: Semelhanças e Diferenças entre Constructos de Mensuração. In: XLII Encontro da ANPAD - EnANPAD 2018, 2018, Curitiba. XLII Encontro da ANPAD - EnANPAD 2018, 2018

BURNETTE, J.L.; FINKEL, E.J. Buffering against weight gain following dieting setbacks: an implicit theory intervention. Journal of experimental social psychology, v.48, n.1, p.721-725, 2012.

BURNETTE, J.L.; O’BOYLE, E.H.; VANEPPS, E.M.; POLLACK, J.M.; FINKEL, E.J. Mind-sets matters: a meta-analytic review of implicit theories and self-regulation. Psychological bulletin, v.139, n.3, p.655-701, 2013.

CANIËLS, M.C.J.; SEMEIJN, J.H.; RENDERS, I.H.M. Mind the mindset! The interaction of proactive personality, transformational leadership and growth mindset for engagement at work. Career Development International, vol.23, n.1, 48-66, 2018.

CINELLI, M.D.; YANG, L. The Role of Implicit Theories in Evaluations of “Plus-Size” Advertising. Journal of Advertising, vol.45, n.4, pp.472-481, 2016.

CLARO, S.; PAUNESKU, D.; DWECK, C.S. Growth mindset tempers the effects of poverty on academic achievement. PNAS, v.113, n.31, p.8664–8668, 2016.

COHEN, J. Statistical Power Analysis for the Behavioral Sciences. 2nd ed. New York: Psychology Press, 1988.

DAMARIO, E. Q.; COMINI, G. M. Inovação social nos empreendimentos sociais brasileiros: uma proposta de escala para sua classificação. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 22, n. 1, p. 104-122, 2020.

DORNELAS, J. Empreendedorismo: Transformando ideias em negócios. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

DWECK, C.S. Mindset: a nova psicologia do sucesso. São Paulo : Objetiva, 2017.

DWECK, C.S. Self-theories: their role in motivation, personality, and development. Philadelphia: The psychology press, 1999.

ESLABÃO, D.R.; VECCHIO, F.B. Condições e Obstáculos ao Empreendedorismo no Brasil. Revista E3, v. 2, n. 2, p. 79-90, 2016.

FAGUNDES, C.V.; LUCE, M.B.; ESPINAR, S.R. O desempenho acadêmico como indicador de qualidade da transição Ensino Médio-Educação Superior. Ensaio (Rio de Janeiro (1993): avaliação e políticas públicas em educação, vol. 22, n. 84 (jul./set. 2014), p. 635-670, 2014.

FERREIRA, F. L. Capital Psicológico e Mindset de crescimento como estímulo do potencial intraempreendedor de indivíduos em uma organização.. In: XLII Encontro da ANPAD - EnANPAD 2018, 2018, Curitiba. XLII Encontro da ANPAD - EnANPAD 2018, 2018

FERREIRA, L.F.; PINHO, A.D.; GONÇALVES, C.A.; CHRISTINO, J.M.M. O Mindset de Crescimento e a Administração: uma revisão bibliométrica e sistemática dos últimos 15 anos de publicação no Web of Science. Gestão e Planejamento, vol.21, n.2020, no prelo.

FERREIRA, L.F.F.; OLIVA, F.L.; SANTOS, S.A.D.; GRISI, C.C.D.H.; LIMA, A.C. Análise quantitativa sobre a mortalidade precoce de micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo. Gestão e Produção, v. 19, n. 4, p. 811-823, 2012.

FILION, L. J.Empreendedorismo: empreendedores e proprietários-gerentes de pequenos negócios. Revista de Administração, v. 34, n. 2, p. 6-28, 1999.

FONTELLES, M. J.; SIMÕES, M. G.; FARIAS, S. H.; FONTELLES, R. G. S. Metodologia da Pesquisa Científica: Diretrizes para Elaboração de um Protocolo de Pesquisa. 2009. 8 f. Núcleo de Bioestatística Aplicado à Pesquisa da Universidade da Amazônia - UNAMA. Belém, 2009.

GEM. Empreendedorismo no Brasil 2016. Disponível em: http://www.bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/941a51dd04d5e55430088db11a262802/$File/7592.pdf. Acesso em: 16. Abr.2018.

GONÇALVES FILHO, C.; VEIT, M.; MONTEIRO, P. Inovação, estratégia, orientação para o mercado e empreendedorismo: identificação de clusters de empresas e teste de modelo de predição do desempenho nos negócios. INMR - Innovation & Management Review, v. 10, n. 2, p. 81-101, 1 jul. 2013.

HAIR, JR., J. F; ANDERSON, R.E; TATHAM, R.L; BLACK, W.C. Analise multivariada de dados. 5.ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HUANG, L.; LUTHANS, F. Toward better understanding of the learning goal orientation–creativity relationship: The role of positive psychological capital. Applied Psychology, v. 64, n.2, p.444-472, 2015.

IIZUKA, E. S.; MORAES, G. H. S. M. Análise do potencial e perfil empreendedor do estudante de Administração e o ambiente universitário: reflexões para instituições de ensino. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 15, n. 3, p. 593-593, 2014.

IRELAND, R.D.; HITT, M.A.; SIRMON, D.G. A model of strategic entrepreneurship: The construct and its dimensions. Journal of management, v. 29, n. 6, p. 963-989, 2003.

JÚNIOR, J. C. C.; CARVALHO FILHO, P. M. B.; JERÔNIMO, T. B.; MELO, F. V. S. Superando a contaminação e comprando produtos usados. REMark, vol.18, n.1, 2019.

KIAN, T. P., MI, C. X.; CHUN, C. C. E. An Exploratory Study on the Factors That Influence the Declination of Women Entrepreneurship. International Business Management, v.10, n.18, p. 4098-4106, 2016.

LEIVA, J.C.; ALEGRE, J.; MONGE, R. Los emprendedores surgidos de las empresas multinacionales de inversión extranjera directa: un estudio exploratorio en Costa Rica. Estudios Gerenciales, v. 30, n. 131, p. 124-133, 2014.

LIMA, E.; LOPES, R.M.A.; NASSIF, V.M.J.; SILVA, D. Ser seu Próprio Patrão? Aperfeiçoando-se a Educação Superior em Empreendedorismo. Rev. adm. Contemporânea, v.19, n.4, p. 419-439, 2015.

LOPES, R. M. A. Referenciais para a educação empreendedora. In: LOPES, R. M. A. (Org.). Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier: São Paulo: SEBRAE, 2010.

MAIA, H. A.; FORMIGONI, H.; SILVA, A. A. Empresas de auditoria e o compliance com o nível de evidenciação obrigatório durante o processo de convergência às normas internacionais de contabilidade no Brasil. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 14, n. 44, p. 335-352, 2012.

MATHUR, P.; JAIN, S.P.; MAHESWARAN, D. Consumers' implicit theories about personality influence their brand personality judgments. Journal of Consumer Psychology, v.22, n.4, p.545-557, 2012.

MATTHEWS, C. H.; MOSER, S. B. A longitudinal Investigation of the impact of family background and gender on interest in small frm ownership. Journal of Small Business Management, v. 34, n.1, p. 221-244, 1996

MCCLELLAND, D. C. The Achieving Society. Princeton: Van Nostrand, 1961.

MINELLO, Italo Fernando; BÜRGER, Rafaela Escobar; KRÜGER, Cristiane. Características comportamentais empreendedoras: um estudo com acadêmicos de administração de uma universidade brasileira. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, v. 10, p. 72-91, 2017.

MINUZZI, C. D. O.; VARGAS, K. S.; FIALHO, C. B. Características comportamentais empreendedoras: em cena os futuros administradores. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v.5, n.1, p. 141-162, 2016

ÖZDURAN, A.; TANOVA, C. Manager mindsets and employee organizational citizenship behaviours. Intern J Contemporary Hospitality Management, vol.29, n.1, pp. 589-606, 2017.

PUENTE-DÍAZ, R.; CAVAZOS-ARROYO, J. That is disgusting! Should I trust you?: The role of mindsets in brand trust after a negative incident. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, vol.21, n.2, pp. 254-273, 2019.

RAMIREZ-GARCIA, C.; PEREA, J. G. Á.; JUNCO, J. G. D. La felicidad en el trabajo: Validación de una escala de medida. Revista de Administração de Empresas, v. 59, n. 5, p. 327-340, 2019.

RÍO-RAMA, M. C.; ÁLVAREZ-GARCÍA, J.; COCA-PÉREZ, J. L. Práticas de qualidade, responsabilidade social corporativa e o critério “resultados na sociedade” do modelo EFQM. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 19, n. 64, p. 307-328, 2017.

ROUX, M.; HÄRTEL, C.E.J. The Cognitive, Emotional, and Behavioral Qualities Required for Leadership Assessment and Development in the New World of Work" In Individual, Relational, and Contextual Dynamics of Emotions. pp.59-69, 2018.

SANDHU, M.S.; SIDIQUE, S. F.; RIAZ, S. Entrepreneurship barriers and entrepreneurial inclination among Malaysian postgraduate students. International Journal of Entrepreneurial Behavior & Research, v.17, n.4, p. 428-449, 2011.

SANTINI, S.; VASCONCELLOS, F.E.D.; NOGUEIRA, M.A.; OLIVEIRA, M.L.D. Fatores de mortalidade em micro e pequenas empresas: um estudo na região central do Rio Grande do Sul. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v.1, n.8, p. 145-169, 2015.

SCHIFFMAN, L.G.; KANUK, L.L. Consumer behavior, 7th. NY: Prentice Hall, p. 15-36, 2000.

SCHINDLER, P.S.; COOPER, D.R. Métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre, 2003.

SCHRODER, H. S.; YALCH, M. M.; DAWOOD, S.; CALLAHAN, C. P.; DONNELLAN, M. B.; MOSER, J. S. Growth Mindset of anxiety buffers the link between stressful life events and psychological distress and coping strategies. Personality and individual differences, v. 110, n. 1, p. 23-26, 2017.

SCOTT, M.J.; GHINEA, G. On the domain-specificity of Mindsets: the relationship between aptitude beliefs and programming practice. IEEE transactions on education, v. 57, n. 3, 2014.

SEBRAE. Sobrevivência das empresas no Brasil. 2016. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/sobrevivencia-das-empresas-no-brasil-relatorio-2016.pdf. Acesso em 23 Set. 2018.

SEBRAE. Doze anos de monitoramento da sobrevivência e mortalidade de empresas. São Paulo, 2010. Disponível em: https://m.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/UFs/SP/Pesquisas/10_anos_mortalidade_relatorio_completo.pdf.

SEBRAE. Micro e pequenas empresas geram 27% do PIB do Brasil. 2018. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mt/noticias/micro-e-pequenas-empresas-geram-27-do-pib-do-brasil,ad0fc70646467410VgnVCM2000003c74010aRCRD. Acesso em 19 set. 2018.

SEBRAE. O que é ser empreendedor. 2017. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/o-que-e-ser-empreendedor,ad17080a3e107410VgnVCM1000003b74010aRCRD. Acesso em: 14 Abr.2018.

SILVA, WN; CRESPO, A.; GIL, AC Aspirações e Temores de Jovens Empreendedores. Revista Pretexto, v. 18, n. 2, p. 48-65, 2017.

SONG, Y.; LEE, S.Y.; KIM, Y. Does mindset matter for using social networking sites?: understanding motivations for and uses of Instagram with growth versus fixed mindset. International Journal of Advertising, vol.38, n.6, pp.886-904, 2019.

TANG, M.; WERNER, C.; KARWOWSKI, M. Differences in creative Mindset between Germany and Poland: the mediating effect of individualism and collectivism. Thinking skills and creativity, v.21, n.1, p.31-40, 2016.

VANDEWALLE, D. Development and validation of a work domain goal orientation instrument. Educational and psychological measurement, v. 57, n. 6, p. 995-1015, 1997.

WHEELER, S.C.; OMAIR, A. Potential growth areas for implicit theories research. Journal of consumer psychology, vol.26, n.1, pp.137-141, 2016.

YEAGER, D.S.; JOHNSON, R.; SPITZER, B.J.; TRZESNIEWSKI, K.H. The far-reaching effects of believing people can change: implicit theories of personality shape stress, health, and achievement during adolescence. Journal of personality and social psychology, v.106, n.6, p.1-18, 2014.

YIN, C.; YU, H.; POON, P. Consumers attributions and brand evaluations in product‐harm crises: The role of implicit theories of personality. Journal of Consumer Behaviour, v.15, n.1, p.87-95, 2016.

ZAMPIER, M.A.; TAKAHASHI, A.R.W. Competências e aprendizagem empreendedora em MPE’s educacionais. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, v. 8, n. 3, p. 1-22, 2014.

ZENG, G.; HOU, H.; PENG, K. Effect of growth Mindset on school engagement and psychological well-being of chinese primary and middle school students: the mediating role of resilience. Frontiers in psychology, n.1, v.7, p.1873, 2016.

ZINGONI, M.; BYRON, K. How beliefs about the self influence perceptions of negative feedback and subsequent effort and learning. Organizational Behavior and Human Decision Processes, vol.139, n.2017, pp.50-62, 2017.

Downloads

Publicado

2020-11-05

Edição

Seção

Artigos