A temática ambiental e o processo educativo: significados elaborados por licenciandos de física, química, ciências biológicas e matemática

Mona Lisa Ferreira Prado Lopes, Luciano Fernandes Silva, Janaina Roberta dos Santos

Resumo


Neste artigo são apresentadas reflexões sobre os significados que alunos dos cursos de licenciatura em Física, Química, Matemática e Ciências Biológicas de uma universidade pública do estado de Minas Gerais elaboram sobre a temática ambiental e suas articulações com o processo educativo. Estas reflexões estão apoiadas em um estudo empírico desenvolvido a partir de questionários e entrevistas semi-estruturadas. Participaram deste estudo 21 alunos que haviam concluído, naquela oportunidade, mais de 60% das disciplinas dos seus referidos cursos. Este estudo recebeu ainda suporte dos procedimentos analíticos da Análise de Conteúdo. Considera-se que os estudantes destes cursos, de modo geral, reconhecem problemas ambientais a partir de uma perspectiva mais pragmática, entendendo que estes podem ser administrados exclusivamente a partir de conhecimentos sistematizados, construídos a partir de conceitos de seus campos disciplinares. Neste contexto, eles não desenvolveram articulações mais evidentes entre problemas ambientais e questões de natureza política, social e/ou econômicas.


Palavras-chave


Formação de professores; Temática ambiental e processo educativo; Educação ambiental; Licenciaturas em ciências da natureza e matemática

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n1p133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.