A abordagem CTS e a educação matemática crítica como estratégia de ensino-aprendizagem na formação de professores de matemática

Maria de Fátima Costa Sbrana, Evonir Albrecht, Marcia Aguiar

Resumo


Este artigo está embasado em uma pesquisa de mestrado e tem como objetivo discutir aspectos relevantes de um curso de formação continuada, para professores que ensinam Matemática, com base nas abordagens CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade) e EMC (Educação Matemática Crítica).  A pesquisa, de natureza qualitativa, ocorreu em dois momentos. Primeiramente, realizamos uma análise das questões de Matemática contidas no ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio) (2012-2016), para investigar se tais questões possuíam em seu contexto, questionamentos relacionados à abordagem CTS. Em um segundo momento, considerando o tripé: Ensino, Pesquisa e Extensão, desenvolvemos um curso de extensão, com base nas abordagens CTS e EMC, com o objetivo de identificar como os professores compreendem as abordagens CTS e EMC e de que maneira eles incorporam a temática em sua prática, além de construir com os professores, estratégias contextualizadas para o ensino da Matemática. As questões analisadas foram utilizadas como instrumento de ensino-aprendizagem para discutir possibilidades de incluir as abordagens CTS e EMC no ensino de Matemática. Observamos que os professores não conheciam as abordagens CTS e EMC, tampouco contemplavam a temática em sua prática. Desta forma, ressaltamos a importância dos cursos de formação continuada, pois apresenta ao professor novas estratégias didático-pedagógicas, bem como, possibilita discussões importantes sobre a sua prática.


Palavras-chave


Abordagem CTS; Educação matemática crítica; Ensino de matemática

Texto completo:

PDF/A

Referências


AULER, D. Enfoque ciência-tecnologia-sociedade: pressupostos para o contexto brasileiro. Ciência & Ensino, v. 1, p. 01-20, 2007.

AULER, D. Novos caminhos para a educação CTS: ampliando a participação. In: SANTOS, W. L. P.; AULER D. (Org.), CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas. Brasília: Universidade de Brasília, 2011. p. 73-97.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BAZZO, W. A.; PALACIOS, E.M.G., GALBARTE, J. C. G.; LINSINGEN, I. V., CEREZO, J. A. L.; LUJÁN, J. L.; VALDÉS, C. Introdução aos estudos CTS Ciência, Tecnologia e Sociedade. Cadernos de Ibero-América, Editora OEI, 2003. Disponível em:

https://www.oei.es/historico/salactsi/introducaoestudoscts.php. Último acesso: 08 nov.2018

BAZZO, W. A.; CURY, H. N. Formação crítica em matemática: uma questão curricular? Bolema, v.1 4, n. 16, p. 29-47, 2001.

BIZZO, N. M.V. Pensamento científico: a natureza da ciência no ensino fundamental. São Paulo: Editora Melhoramentos, 2013.

BORBA, M. C.; SKOVSMOSE, O. A ideologia da certeza em educação Matemática. In: SKOVSMOSE, O. Educação Matemática Crítica – A Questão da Democracia. Campinas: Papirus, 2011.

BRASIL. ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio: documento básico. Inep. Brasília, 2002.

CHALMERS, A. F. O que é ciência afinal? Tradução: Raul Filker. São Paulo: Brasiliense, 1993.

CHAUÍ, M. Um convite à filosofia. São Paulo: Ática, 2000.

DAL-FARRA, R. A. Matemática e educação matemática: aproximações epistemológicas, cultura e discursos contemporâneos. Zetetiké: Revista de Educação Matemática; v. 18, n. temático, p. 504-544, 2010.

FIORENTINI, D. Alguns modos de ver e conceber o ensino de Matemática no Brasil. Zetetiké: Revista de Educação Matemática, v. 4, n. 01, p. 1-36, 1995.

FIORENTI, D. A formação Matemática e didático pedagógica nas disciplinas da licenciatura em Matemática. Revista de Educação, v. 10, n. 18, p. 107-115, 2005.

FOUREZ, G. A construção das Ciências: introdução à Filosofia e à ética das Ciências. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GUAZELLI, I. R. B.; MACIEL, M. D.; SOLIGO, M. G.; NASCIMENTO, D. S.; MACEDO, H. C. Alfabetização científica crítica e cultura em uma perspectiva CTSA. In: AMARAL C. L. C.; CURI E. (Org.), Pesquisas e Práticas de Ensino em Química & Biologia. São Paulo: Terracota, 2009. p. 12-41.

LIMA, R. S.; PIMENTEL, L. C. F.; AFONSO, J. C. O despertar da radioatividade ao alvorecer do século XX. Química Nova na Escola, v. 33, p. 93-98, 2011.

MORIN, E. Ciência com consciência. Tradução de Maria D. Alexandre e Maria Alice Sampaio Dória. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

SANTOS, W. L. P.; MORTIMER, E. F. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem CTS (Ciência-Tecnologia-Sociedade) no contexto da Educação Brasileira. Ensaio – Pesquisa em Educação em Ciênicas, v. 2, n. 2, p. 133-162, 2002.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. São Paulo: Cortez, 2010.

SANTOS, M. E. V. M. A dimensão CTS do ensino das ciências: fundamentos, contextos e desafios. In: MACIEL, M. de L.; AMARAL, C. L. C.; GUAZELLI, I. R. B. (Org.) Ciência, tecnologia e sociedade: pesquisa e ensino. São Paulo: Terracota, 2010, p. 71-91.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Alfabetização científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências; v. 16, n. 1, p. 59-77, 2011.

SBRANA, M. F. C. A contextualização da Matemática a partir da abordagem cts na perspectiva da educação Matemática crítica. Dissertação de mestrado em Ensino e História das Ciências e Matemática - Universidade Federal do ABC, Santo André, 2017.

SEPINI, R.P.; MACIEL, M. D. Como o ensino de questões relacionadas com natureza da ciência e tecnologia pode contribuir para a formação de futuros professores. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 739-751, 2016.

SILVA, M. P.; ALBRECHT, E. A formação de professores sob o enfoque da ciência, tecnologia e sociedade. In: MACIEL, M. de L.; AMARAL, C. L. C.; GUAZELLI, I. R. B. (Org.) Ciência, tecnologia e sociedade: pesquisa e ensino. São Paulo: Terracota, 2010. p. 157-164.

SKOVSMOSE, O. Educação Matemática crítica: a questão da democracia. Campinas: Papirus, 2011.

SKOVSMOSE, O. Ole Skovsmose e sua educação Matemática crítica. Entrevista concedida CEOLIM, A. J.; HERMANN, W. Revista Paranaense de Educação Matemática, v.1, 2012. Disponível em: http://www.fecilcam.br/revista/index.php/rpem/article/view/860. Último acesso em: 08 nov.2018.




DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n2p3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.