Relatos de aulas de ótica no Ensino Médio: o quê eles nos revelam sobre a atuação do professor?

João Antônio Corrêa Filho, Jesuína L. A. Pacca

Resumo


Neste trabalho, apresentamos uma análise de relatos sobre as aulas de óptica de duas professoras de física de Ensino Médio, participantes de um programa de formação contínua de professores dentro de uma linha de ensino-aprendizagem construtivista. Os relatos foram analisados visando conhecer a atuação dessas professoras em sala de aula, a partir dos planejamentos pedagógicos elaborados e das barreiras encontradas quando é focalizado o aluno e sua aprendizagem na sala de aula. Desse estudo, podemos dizer que essas professoras procuravam traçar caminhos na linha construtivista, tendo como algumas linhas marcantes nessa trajetória dar voz aos alunos e realizar atividades experimentais para explorar os conteúdos conceituais e teóricos de óptica. Além disso, observamos que o planejamento inicial das aulas dessas professoras é modificado ao longo das aulas, quando ocorrem interações dialógicas professor-aluno; essas interações são capazes de realimentar o processo, desde que o professor esteja atento às ocorrências que revelam a construção do conhecimento dos alunos.


Palavras-chave


Formação continuada de professores

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2011v28n2p297

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >