Critérios para a Avaliação de Materiais Didáticos Impressos de História da Ciência para a Educação a Distância

Edmundo Rodrigues Junior, Fernando J. Luna, Marília Paixão Linhares

Resumo


Este artigo propõe critérios para a avaliação de materiais didáticos impressos (MDI) sobre história da ciência para a educação a distância (EAD). A construção dos critérios foi baseada nos documentos oficiais do ensino superior e médio do Brasil, em modelos de aprendizagens de professores descritos por Porlán and Rivero (1998), em livros da EAD e nos referenciais teóricos da história das ciências no ensino. Os critérios foram divididos em cinco blocos: Bloco I: legislação; Bloco II: elementos textuais; Bloco III: aluno da licenciatura; Bloco IV: referências, glossários e respostas e; Bloco V: projeto editorial. Dados do Censo, organizados pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED, 2011) revelam que apesar do crescente desenvolvimento tecnológico, o material didático impresso ainda é o principal objeto de aprendizagem utilizado pelas instituições de ensino a distância. Os dados desse censo mostram uma evolução do número de matrículas dos alunos na Educação a Distância (EAD) entre os anos de 2009 e 2011. A construção dos critérios para a avaliação de MDI é relevante porque esse incremento de matrículas na EAD sinaliza para uma demanda maior de produção de objetos de aprendizagem gerando uma preocupação com a qualidade dos conteúdos e das atividades presentes nesses materiais. Talvez, os critérios para a avaliação de MDI de história da ciência, descritos nesse artigo, sejam o embrião para a construção de critérios para avaliar MDI de outras disciplinas da EAD. O conjunto desses instrumentos de avaliação poderia ser inserido em um desejável Programa Nacional do Livro Didático para os cursos superiores a distância, com o objetivo de melhorar a qualidade desses materiais.


Palavras-chave


Educação a distância; História da Ciência; Material Didático Impresso

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2014v31n2p429

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >