Nos becos da Episteme: Caminhos confluentes para uma contra colonização didática em meio à crise da verdade

Nathan Willig Lima, Matheus Monteiro Nascimento

Resumo


.

Palavras-chave


Justiça Social; Justiça Cognitiva; Pós-Verdade; Ecologia de Saberes

Texto completo:

PDF/A

Referências


AMÉRICO, P. A Ciência e os Sistemas: Questões de História e Filosofia Natural. 4th ed. João Pessoa: Editora Universitária, 2011.

AULER, D. Cuidado! Um cavalo viciado tende a voltar para o mesmo lugar. Curitiba: Appris., 2018.

BACHELARD, G. The new Scientific Spirit. Boston: Beacon, 1985.

BLOOR, D. Knowledge and Social Imagery. Chicago: The University of Chicago Press, 1991.

CAPRA, F. O Ponto de Mutação. São Paulo: Editora Cultrix, 1998.

CAPRA, F. A Teia da Vida. São Paulo: Editora Cultrix, 2006.

CARSON, R. Silent Spring. Robbisdale: Fawcett Publications, 1994.

DECONTO, D. C. S. A perspectiva ciência, tecnologia e sociedade na disciplina de Metodologia do Ensino de Física: um estudo na formação de professores à luz do referencial sociocultural. 2014. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ensino de Física) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

DERRIDA, J. Of Grammatology. Baltimore: The John Hopkins University Press, 1997. v. 87.

EVARISTO C. Becos da Memória. Rio de Janeiro: Pallas, 2017.

FEYERABEND, P. Against the Method. London: Verso, 1995.

FEYERABEND, P. A Ciência em uma Sociedade Livre. São Paulo: Editora UNESP, 2011.

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2018.

HEISENBERG, W. Physics and Philosophy. London: Penguin, 2000.

KAISER, D. Pedagogy and the practice of science. Cambridge: The MIT Press, 2006.

KAMPOURAKIS, K. Science, Society, and Scientific Literacy. Science & Education, v. 28, n. 6, p. 603-604, 2019.

KNORR-CETINA, K. The manufacture of knowledge: an essay on the constructivist and contextual nature of science. London: Elsevier, 1981.

KUHN, T. The structure of Scientific Revolutions (Terceira). Chicago: The University of Chicago Press, 1996.

LAKATOS, I. The Methodology of Scientific Research programmes. Cambridge: Cambridge University Press, 1978. v. 1.

LATOUR, B. Why Has Critique Run out of Steam? From Matters of Fact to Matters of Concern. Critical Inquiry, v. 30, n. 2, p. 225-248, 2004.

LATOUR, B. Para distinguir amigos e inimigos no tempo do Antropoceno. Revista de Antropologia, v. 57, n. 1, p. 11-31, 2014.

LATOUR, B.; WOOLGAR, S. Laboratory Life: The construction of scientific facts. Princeton: Princeton University Press, 1986.

LIMA, N.; VAZATA, P.; MORAES, A.; OSTERMANN, F.; CAVALCANTI, C. Educação em Ciências nos Tempos de Pós-Verdade: Reflexões Metafísicas a partir dos Estudos das Ciências de Bruno Latour. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 19 (0 SE-Artigos), 2019.

LIMA, N. W.; OSTERMANN, F.; CAVALCANTI, C. J. de H. Física Quântica no ensino médio: uma análise bakhtiniana de enunciados em livros didáticos de Física aprovados no PNLDEM 2015. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 34, n. 2, p. 435-459, 2017.

LIMA, N. W.; SOUZA, B. B. de; CAVALCANTI, C. J. de H.; OSTERMANN, F. (2018). Um Estudo Metalinguístico sobre as Interpretações do Fóton nos Livros Didáticos de Física Aprovados no PNLDEM 2015: Elementos para uma Sociologia Simétrica da Educação em Ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 1, p. 331-364.

MCINTYRE, L. Post-Truth. Cambridge: MIT Press, 2018.

MOURA, C. B. O Ensino de Ciências e a Justiça Social: questões para o debate. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 36, n. 1, p. 1-7, 2019.

MOURA, C. B. de; GUERRA, A. Cultural History of Science: A possible path for discussing scientific practices in Science Teaching? Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 16, n. 3, p. 749-771, 2016.

NASCIMENTO, M. M.; CAVALCANTI, C.; OSTERMANN, F. Uma busca por questões de Física do ENEM potencialmente não reprodutoras das desigualdades socioeconômicas. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 40, n. 3, e3402, p. 18, 2018.

NASCIMENTO, M. M. O acesso ao ensino superior público brasileiro: um estudo quantitativo a partir dos microdados do Exame Nacional do Ensino Médio. 2019. 292p. Tese (Doutorado em Ensino de Física) - Instituto de Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/188431. Acesso em: 10 nov. 2019.

NASCIMENTO, M. M.; LIMA, N. W.; CAVALCANTI, C. J. de H.; OSTERMANN, F. Cultura política, desempenho escolar e a Educação em Ciências: um estudo empírico à luz de Pierre Bourdieu. Ciência & Educação, v. 25, n. 2, Bauru, 2019.

OXFORD DICTIONARY. Oxford Dictionary 2016 word of the year. Retrieved September 22, 2018, from https://en.oxforddictionaries.com/word-of-the-year/word-of-the-year-2016.

POPPER, K. Conjectures and Refutations: The Growth of Scientific Knowledge. Abingdon: Routledge, 1963.

SANTOS, B. de S. Um Discurso Sobre as Ciências. São Paulo: Cortez, 2008.

SANTOS, B. de S. O Fim do Império Cognitivo: A afirmação das epistemologias do Sul. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

SANTOS, B. de S.; MENESES, M. P. Epistemologias do Sul. Coimbra: Edições Almedina AS, 2009.

SANTOS, A. B. dos. Colonização, Quilombos: Modos e Significações. Brasilia, 2015.

SHAPIN, S.; SCHAFFER, S. Leviathan and the Air-Pump. Princeton: Princeton University Press, 1985.

SHIVA, V. Monoculturas da mente: perspectivas da biodiversidade e da biotecnologia. São Paulo: Gaia, 2003.

SNOW, C. P. The two cultures. Cambridge: Cambridge University Press, 1988.

SOKAL, A. D. Transgressing the Boundaries: Toward a Transformative Hermeneutics of Quantum Gravity. Social Text, v. 46/47, p. 217-252, 1996.

VRIEZE, J. Bruno Latour, a veteran of the ‘science wars,’ has a new mission. Science, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1126/science.aaq1805.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2019v36n3p589

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >