Problemas do discurso de Deepak Chopra: uma análise metalinguística de “A cura quântica”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2021.e76854%20

Resumo

Neste artigo, nosso objetivo é contribuir para o debate sobre o misticismo quântico, explorando aspectos discursivos que permeiam um enunciado com tal tema. Para tanto, realizamos uma análise metalinguística do livro A cura quântica de Deepak Chopra, com base na filosofia da linguagem do Círculo de Bakhtin. Investigamos não apenas as estratégias argumentativas do autor, mas também conectamos os elementos constitutivos desse enunciado (tema, estrutura e estilo) com seu contexto de produção e publicação. A partir da análise reconhecemos a incoerência de Chopra ao sintetizar visões de mundo místicas e alternativas e uma visão de mundo científica repleta de metáforas inconsistentes e graves contradições, mas destacando como o autor conseguiu influenciar o modo como conceitos relacionados à Física Quântica são mobilizados fora do contexto acadêmico.

Biografia do Autor

Daniel Pigozzo, Mestrando do no Programa de Pós-graduação em Ensino de Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Formado em licenciatura em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É estudante de mestrado no Programa de Pós-graduação em Ensino de Física e trabalha como bolsista de acessibilidade no Incluir - Núcleo de Inclusão e Acessibilidade UFRGS.

Matheus Monteiro Nascimento, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Ensino de Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É professor adjunto do Departamento de Física da UFRGS, atuando na graduação e no Programa de Pós-graduação em Ensino de Física da UFRGS.

Nathan Willig Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Ensino de Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É professor adjunto do Departamento de Física da UFRGS, atuando na graduação e no Programa de Pós-graduação em Ensino de Física da UFRGS.

Referências

ALMEIDA, Á. Assim pensa Chopra. IstoÉ, jun. 1999. Disponível em: https://istoe.com.br/31783_ASSIM+PENSA+CHOPRA/. Acesso em: 31 ago. 2020.

BAER, H. A. The Work of Andrew Weil and Deepak Chopra: Two Holistic Health/New Age Gurus: A Critique of the Holistic Health/New Age Movements. Medical Anthropology Quarterly, v. 17, n. 2, p. 233-250, 2003.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.

BAKHTIN, M. Para uma filosofia do Ato Responsável. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: Estética da criação verbal. 6. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011. p. 261-306.

BOHR, N. Física atômica e conhecimento humano: ensaios 1932-1957. 1. ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 1995.

BRAIT, B. (Ed.). Bakhtin: conceitos-chave. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2005.

BURWELL, J. Quantum language and the migration of scientific concepts. Cambridge: The MIT Press, 2018.

CALAPRICE, A. (Ed.). The ultimate quotable Einstein. Princeton: Princeton University Press, 2011.

CAPRA, F. O tao da física: uma exploração dos paralelos entre a física moderna e o misticismo oriental. 1. ed. Lisboa: Editorial Presença, 1989.

CHAIT, J. The big con: crackpot economics and the fleecing of America. Boston: Mariner Books, 2008.

CHOPRA, D. O retorno do rishi: a jornada de um médico indiano em busca da felicidade interior e da cura integral. 2. ed. São Paulo: Best Seller, 1989.

CHOPRA, D. Return of the Rishi: A Doctor’s Story of Spiritual Transformation and Ayurvedic Healing. Boston: Houghton Mifflin Harcourt, 1991.

CHOPRA, D. Ageless body, timeless mind: the quantum alternative to growing old. 1. ed. New York: Harmony Books, 1993.

CHOPRA, D. A cura quântica [livro eletrônico]. 1. ed. Rio de Janeiro: Best Seller, 2013.

CHOPRA, D.; CHOPRA, S. Brotherhood: Dharma, Destiny, and the American Dream. Boston: New Harvest/Houghton Mifflin Harcourt, 2013.

CUESTA-BELTRÁN, Y. J. Estado del arte: tendencias en la enseñanza de la física cuántica entre 1986 y 2016. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n. 44, p. 146-166, 2018.

DOERING-MANTEUFFEL, S. Survival of occult practices and ideas in modern common sense. Public Understanding of Science, v. 20, n. 3, p. 292-302, 2011.

EDDINGTON, A. S. The Nature of the Physical World. Cambridge: Cambridge University Press, 2007.

EINSTEIN, A.; SHAW, G. B. Einstein on Cosmic Religion and Other Opinions and Aphorisms. New York: Dover Publications, 2009.

FRANCIS, D. P. Deadly AIDS policy failure by the highest levels of the US government: A personal look back 30 years later for lessons to respond better to future epidemics. Journal of Public Health Policy, v. 33, n. 3, p. 290-300, 2012.

FREIRE JR., O. The Quantum Dissidents: Rebuilding the Foundations of Quantum Mechanics (1950-1990). Berlin/Heidelberg: Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 2015.

FREIRE JR., O.; PESSOA JR., O.; BROMBERG, J. L. (Eds.). Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais. São Paulo: Livraria da Física, 2011.

GRECA, I. M.; FREIRE, O. Meeting the Challenge: Quantum Physics in Introductory Physics Courses. In: MATTHEWS, M. R. (Ed.). International Handbook of Research in History, Philosophy and Science Teaching. Dordrecht: Springer Netherlands, 2014. p. 183-209.

GUERRIERO, S.; STERN, F. L. The new age Concepts of Energy: the case of the Brazillian Naturology. Caminhos, v. 15, n. 1, p. 4, 2017.

HEISENBERG, W. Física e filosofia. 3. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1995.

HEISENBERG, W. A parte e o todo: encontros e conversas sobre física, filosofia, religião e política. 1. ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

HILGER, T. R.; MOREIRA, M. A. A study of social representations of quantum physics held by high school students through numerical and written word association tests. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias, v. 8, n. 1, p. 52-61, 2012.

HILGER, T. R.; MOREIRA, M. A.; DA SILVEIRA, F. L. Estudo de Representações Sociais sobre Física Quântica. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 1-16, 2009.

INDIATODAY.IN. India Today Conclave 2015: Darwin was wrong, says Deepak Chopra. India Today, 2015.

JAMA. Financial Disclosure. JAMA: The Journal of the American Medical Association, v. 266, n. 6, p. 798, 1991.

JAMMER, M. Einstein e a religião: física e teologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000.

KAISER, D. How the Hippies Saved Physics: Science, Counterculture, and the Quantum Revival. New York: W. W. Norton Company, 2011.

KEEN, S. Nonfiction and Fiction in Disguise. In: KEEN, S. (Ed.) Narrative Form. London: Palgrave Macmillan UK, 2015. p. 126-139.

LANG, E. Guru nos EUA se orienta pela “verdade interior”. Folha de S. Paulo, 5 out. 2000.

LIMA, N. W. et al. A Teoria do Enunciado Concreto e a Interpretação Metalinguística: bases filosóficas, reflexões metodológicas e aplicações para os Estudos das Ciências e para a Pesquisa em Educação em Ciências. Investigações em Ensino de Ciências, v. 24, n. 3, p. 258, 2019.

MACHADO, I. Gêneros discursivos. In: BRAIT, B. (Ed.). Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2005. p. 151-166.

MARKETDATA LCC. The U.S. Market for Self-improvement Products & Services. Marketdata LLC, 2015. 390 p.

MEDVIÉDEV, P. N. O método formal nos estudos literários: introdução crítica a uma poética sociológica. São Paulo: Contexto, 2012.

MOURA, M. D.; SANTOS, R. P. Detectando misticismo quântico em livros publicados no Brasil com Ciência de Dados. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 34, n. 3, p. 725-744, 2017.

NEHRING, D. et al. Transnational Popular Psychology and the Global Self-Help Industry. London: Palgrave Macmillan UK, 2016.

NY TIMES. Deepak’s Days in Court. The New York Times, p. 12, 18 ago. 1996.

OFFIT, P. A. Do You Believe in Magic? The Sense and Nonsense of Alternative Medicine. 1. ed. New York: HarperCollins, 2013.

PAURA, R. Le quattro stagioni del misticismo quantistico. Scienza&Filosofia, n. 20, 2018.

PEREIRA, A.; OSTERMANN, F. Sobre o ensino de física moderna e contemporânea: uma revisão da produção acadêmica recente. Investigações em Ensino de Ciências, v. 14, n. VI, p. 393-420, 2009.

PESSOA JR., O. O fenômeno cultural do misticismo quântico. In: FREIRE JR., O.; PESSOA JR., O.; BROMBERG, J. L. (Eds.) Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais. Campina Grande: Livraria da Física, 2011. p. 281-302.

PETTUS, E. The Lord of Immortality. New York Magazine, p. 28-31, 95, 1995.

PIGOZZO, D.; LIMA, N. W.; NASCIMENTO, M. M. A filosofia sistêmica de Fritjof Capra: Um olhar ecológico para a Física e para o Ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 36, n. 3, p. 704-734, 2019.

PLAIT, P. Deepak Chopra: redefining “wrong”. Discover, sep./out. 2009.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, 2015. Disponível em: https://www.r-project.org/. Acesso em: 31 ago. 2020.

SAITO, M. T. A gênese e o desenvolvimento da relação entre Física Quântica e misticismo e suas contribuições para o Ensino de Ciências. 2019. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

SANTOS, B. de S. Um discurso sobre as ciências. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

SCHRÖDINGER, E. O que é vida? O aspecto físico da célula viva seguido de Mente e matéria e Fragmentos autobiográficos. 1. ed. São Paulo: Editora da UNESP, 1997.

SILGE, J.; ROBINSON, D. Text Mining with R: A Tidy Approach. O’Reilly Media, 2017.

SKOLNICK, A. A. Maharishi Ayur-Veda: Guru’s Marketing Scheme Promises the World Eternal “Perfect Health”. JAMA: The Journal of the American Medical Association, v. 266, n. 13, p. 1741, 1991.

SOUZA, G. T. Introdução à Teoria do Enunciado Concreto do círculo Bakhtin/Volochinov/Medvedev. 2. ed. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP, 2002.

TU, H.; DU, H. A study of the treaties and agreements relating to Tibet: a documentary history of international relations of Tibet. Taichung: Tunghai University, 1971.

VENEU, A.; FERRAZ, G.; REZENDE, F. Análise de discursos no Ensino de Ciências: considerações teóricas, implicações epistemológicas e metodológicas. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 17, n. 1, p. 126-149, 2015.

VOLÓCHINOV, V. La structure de l’enoncé. In: TODOROV, T. (Ed.). Mikhaïl Bakhtine: le principe dialogique. Paris: Seuil, 1981. p. 278-316.

VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2018.

WARRIER, M. Āyurveda and Mind-Body Healing: Legitimizing Strategies in the Autobiographical Writing of Deepak Chopra. International Journal of Hindu Studies, v. 23, n. 2, p. 123-145, 2019.

WHEEN, F. How Mumbo-Jumbo Conquered the World: A short history of modern delusions. London: HarperCollins, 2004.

ZHOU, Y. Goodreads data show that women reading self-help books are getting advice from men. Quartz, 2017.

ZONG, J.; BATALOVA, J. Asian Immigrants in the United States. Migration Information Source, 2016. Disponível em: https://www.migrationpolicy.org/article/asian-immigrants-united-states. Acesso em: 31 ago. 2020.

Publicado

2021-12-15

Edição

Seção

História, Filosofia e Sociologia da Ciência e Ensino de Ciências/Física