EDUCAÇÃO CORPORATIVA: ALICERCES CIENTÍFICOS DE UM RECENTE CAMPO DE PESQUISA

Conteúdo do artigo principal

Fábio Corrêa
http://orcid.org/0000-0002-2346-0187
Evandro Aparecido de Oliveira Callegaro
Armando Sérgio de Aguiar Filho
Jurema Suely de Araujo Nery Ribeiro
https://orcid.org/0000-0002-6465-6020

Resumo

Objetivo: A Educação Corporativa é uma temática regida pelo intento das empresas de preencher uma lacuna deixada pelo Estado na educação tradicional. Contudo, trata-se de uma temática recente, tanto nos Estados Unidos, lócus de sua gênese, quanto no Brasil. Neste sentido, esta pesquisa tem por objetivo analisar quais as referências seminais e os autores mais prolíficos em Educação Corporativa, bem como estabelecer uma relação de quais referencias embasam as publicações dos autores que mais publicam nesse campo científico.
Design/Metodologia/Abordagem: Trata-se de um estudo exploratório-descritivo de cunho bibliográfico, que emprega a abordagem quantitativa bibliométrica para analisar os resultados de buscas realizadas nas bases SCOPUS, SPELL e Scielo.
Resultados: Por resultado, têm-se uma lista de 15 autores mais prolíficos, dos quais alguns também são os mais citados por outros pesquisadores
Limitações da pesquisa: O diminuto número de pesquisa encontradas nas bases científicas restringe a amostragem desta pesquisa.
Originalidade/valor: Acredita-se que esta pesquisa tende a contribuir para a academia por revelar bibliografias a serem consideradas por entrantes nessa temática. A busca por estabelecer os contornos temáticos que dialogam com a Educação Corporativa é uma sugestão de pesquisa futura.
Referências 
ALBERTIN, A. L.; BRAUER, M. Resistência à educação a distância na educação corporativa Fonte: Revista de Administração Pública, v. 46, n. 5, p. 1367-1389, 2012.
ALMEIDA, M. I. R.; TEIXEIRA, M. L. M.; MARTINELLI, D. P. Por que administrar estrategicamente recursos humanos? Revista de Administração de Empresas, v. 33, n. 2, p. 12-24, 1993.
ALPERSTEDT, C. Universidades corporativas: discussão e proposta de uma definição. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 5, n. 3, p. 149 165, set./dez. 2001.
ANDRADE, R. J. F.; RODRIGUES, M. V. R. Educação corporativa: prática de treinamento na sociedade do conhecimento. In: CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 4., 2008, Niterói. Anais ... Niterói, RJ, 2008.
BALM, G. J. Continuing Engineering Education at IBM. International Journal of Continuing Engineering Education and Life-Long Learning, v.1, n.1, p. 98-103, 1990.
BIANCHI, E. M. P. G. Didática e educação corporativa: o desafio empresarial da educação continuada. Revista Ibero-Americana de Estratégia, v. 7, n. 1, p. 73-82, Janeiro-Junho, 2008.
DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; JÚNIOR, J. A. V. A. Design science research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Bookman Editora, 2015.
EBOLI M. P.; MANCINI, S. Corporate education for sustainability. International Journal of Environment and Sustainable Development, v.11, n.4, p.339-354, 2012.
EBOLI, M. P. (coord.). Coletânea Universidades Corporativas - Educação para as empresas do século XXI. São Paulo: Schmukler Editores, 1999.
EBOLI, M. P. Educação Corporativa e desenvolvimento de competências. In: DUTRA J. S.; FLEURY, M. T. L.; RUAS, R. L. Competências: conceitos, métodos e experiências. São Paulo: Atlas, 2008.
EBOLI, M. P. Educação corporativa no Brasil: mitos e verdades. 4. ed. São Paulo: Ed. Gente, 2004.
EBOLI, M. P. Gestão do Conhecimento como Vantagem Competitiva: o surgimento das Universidades Corporativas. In: EBOLI, M. P. (coord.). Coletânea Universidades Corporativas - Educação para as empresas do século XXI. São Paulo: Schmukler Editores, 1999b.
EBOLI, M. P. Universidade corporativa: ameaça ou oportunidade para as escolas tradicionais de Administração? RAUSP Management Journal, v. 34, n. 4, p. 56-64, 1999a.
ESTEVES, L. P.; MEIRIÑO, M. J. A educação corporativa e a gestão do conhecimento. Anais... XI Congresso Nacional de Excelência em Gestão. 2015.
FERNANDES, H. S.; PULZI, JR, S. A.; COSTA, FILHO, R. Qualidade em terapia intensiva. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, v. 8, 2010, p. 37-45.
HOURNEAUX JR, F.; EBOLI, M. P., MARTINS, E. C. Educação corporativa e o papel do Chief Learning Officer Fonte: Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 10, n. 27, p. 105-117, Abril-Junho, 2008.
MEISTER, J. C. Educação corporativa. São Paulo: Pearson, 1999.
NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de Conhecimento na Empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. 19. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997.
REIS, G. G., SILVA, L. M. T., EBOLI, M. P. A prática reflexiva e suas contribuições para a educação corporativa Fonte: Revista de Gestão, v. 17, n. 4, p. 403-419, Outubro-Dezembro, 2010.
TACHIZAWA, T. FERREIRA, V. C. P.; FORTUNA, A. A. M. Gestão com pessoas: uma abordagem aplicada às estratégias de negócios. 5. ed. Editora FGV, Rio de Janeiro, 2006.
TARAPANOFF, K. Aprendizado organizacional: panorama da educação corporativa no contexto internacional. In: TARAPANOFF, K. (org.). Inteligência, informação e conhecimento em corporações. Brasília: IBICT, UNESCO, 2006. p. 12-84.
TRONDSEN E.; VICKERY, K. Learning on Demand. Journal of Knowledge Management, v.1, n.3, p.169-180, 1997.
 
 

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Fábio Corrêa, Universidade FUMEC

Doutor em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento pela FUMEC (2018). Mestrado em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento pela FUMEC (2014). Possui MBA em Engenharia de Software e Governança de Tecnologia da Informação pela FUMEC (2009) e Graduação em Sistemas de Informação pela Faculdade COTEMIG (2008). Atuou como Professor do Curso de Graduação da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), nas disciplinas de Algoritmos e Estrutura da Dados, Programação de Computadores, Editoração Gráfica e Eletrônica, Introdução a Sistemas de Informação, Computadores e Sociedade, Introdução a Computação e Gerência de Projetos. Atualmente é bolsista de doutorado da FAPEMIG. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas de Informação, e Ciência da Informação, com ênfase em Gestão do Conhecimento.