A DIALÉTICA DA TEORIA RACIALISTA COMO SABER PARA PROBLEMATIZAR EM PESQUISAS SOBRE QUESTÔES RACIAIS NO CAMPO DA EDUCAÇÃO FÌSICA ESCOLAR

Marcelo Siqueira de Jesus

Resumo


O presente texto faz uma apresentação sobre a moderna teoria científica racialista na sociedade francesa entre o final do século XVII até o século XIX. O intuito é relativizar este conhecimento com professores e educadores que atuam no ensino e na pesquisa cujo campo de investigação seja a educação física escolar (Escola Básica) e que adotem como referencial metodológico e filosófico a “cultura corporal”. A questão racial é privilegiada neste artigo e atende as indicações sobre a Lei n° 10.639/03.


Palavras-chave


Eurocentrismo; Racialismo e cultura corporal

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2008n30p169



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA