Formação de professores na sociedade do capital: uma análise crítica das diretrizes curriculares nacionais para os cursos superiores de educação física

José Pereira Sousa Sobrinho

Resumo


O presente estudo se esmera sobre a análise das diretrizes curriculares nacionais para a formação de professores de educação física, homologada através da resolução 07/04. Refletimos neste trabalho sobre quatro pontos preponderantes da referida resolução. São eles: a teoria das competências como eixo norteador do processo de formação; a concepção de ciência; movimento humano enquanto objeto de estudo da área; a fragmentação da formação em bacharelado e licenciatura. em relação a esses pontos expomos uma crítica radical ao caráter de precarização apresentado no modelo de formação de professores homologado pela resolução acima referida, expondo a necessidade histórica de sua superação.


Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2011v23n36p129



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA