Fotografia na era digital: produção, protagonismo e performance – problemas para a Educação Física/Ciências do Esporte

Fernando Gonçalves Bitencourt

Resumo


Este texto, fruto das observações oriundas de “micro” etnografias realizadas durante estágio de doutorado em Madri, reflete sobre a fotografia, tomada por agentes sociais distintos, de desportistas e espaços desportivos na era digital. Considerando a profusão de imagens e a facilidade de difusão via internet, questiona implicações ético-morais da captura destas e os sentidos da produção, protagonismo e performances. Sugiro haver ‘gosto de class’ e ‘habitus’ a orientar estas práticas. A apropriação da imagem alheia (de ídolos e anônimos) e a exacerbação do individualismo caracterizam este ‘ethos’, cujo perigo reside no uso privado e na publicização inconsequente da vida alheia.


Palavras-chave


Educação Física/Ciências do Esporte; Mídia; Fotografia; Ética

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2014v26n43p198



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA