Ginástica para todos e coletividade: nos meandros da literatura científica

Fernanda Raffi Menegaldo, Marco Antonio Coelho Bortoleto

Resumo


Esse estudo propõe uma revisão de literatura acerca da coletividade na Ginástica para Todos (GPT). Foi realizado um levantamento em sete bases de dados (SBU, Periódicos Capes, SCOPUS, Scielo, ERIC, SportDiscus e Google Scholar) juntamente a análise de edições especiais da Revista Conexões (FEF-Unicamp) vinculadas ao Fórum Internacional de Ginástica para Todos. O levantamento resultou na seleção e análise de 72 produções, sendo 51 artigos, 4 teses, 9 dissertações e 8 monografias. A maioria das produções apontam a importância do caráter coletivo da GPT, caracterizando-a como uma prática que permite e fomenta a interação social. No entanto, notamos a ausência de aprofundamento teórico e diálogos com referenciais de áreas afins, o que auxiliaria na compreensão da sua potencialidade coletiva. Esse entendimento permitiria um olhar diferenciado para a cooperação, pertencimento e reconhecimento social, elementos importantes para o desenvolvimento das práticas sociomotrizes e, portanto, da prática da GPT.

Palavras-chave


Ginástica; Coletividade; Trabalho coletivo; Revisão de literatura

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALMEIDA, Tabata Larissa. Composição coreográfica coletiva e tematização como estratégias pedagógicas para o ensino/aprendizagem da acrobacia coletiva. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2016.

ARTUSI, Maryland Ribeiro da Silva. Diagnóstico dos principais eventos de Ginástica Geral no Brasil. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade São Judas Tadeu, 2008.

AYOUB, Eliana. A ginastica geral na sociedade contemporânea: perspectivas para a Educação Física escolar. Tese (Doutorado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 1998.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BAUMAN, Zygmunt. A sociedade individualizada. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

BERTOLINI, Cláudia. Ginástica geral na escola: uma proposta pedagógica desenvolvida na rede estadual de ensino. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, 2005.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Lá lógica pedagógica de la Gimnasia: entre la ciencia y el arte. Acción Motriz, n. 9, jul./dez., 2012.

CARBINATTO; Michele Viviene; SOARES, Daniela Soares; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Gym Brasil: festival nacional de Ginástica para Todos. Motrivivência, v. 28, n. 49, p. 128-145, dez/2016.

CARBINATTO, Michele Viviene; MOREIRA, Wagner Wey; CHAVES, Aline Dessupoio; SANTOS, Suziane Peixoto; SIMÕES, Regina Rovigati. Campos de atuação em Ginástica: estado da arte nos periódicos brasileiros. Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 3, 917-928, jul./set. de 2016.

CARVALHO, Kássia Mitally; ZILBERBERG, Tatiana Passos; REIS, Lorena Nabanete; DODÓ, Aline Menezes; PONTES, João Airton de Matos. Ginástica para Todos no Ceará: história da modalidade do estado. Conexões, SP, v. 14, n. 4, out./dez. 2016, pp. 3-24.

CARVALHO, Kássia Mitally da Costa; SOUSA, Carla Thais; MILANI, Camila Sanchez; MENEGALDO, Fernanda Raffi. A divulgação científica no Fórum Internacional de Ginástica para Todos. Conexões, v. 16, n. 4, p. 488-508, out./dez. 2018.

CHAPARIM, Fernanda Célia Alcântara Silva. Desvelando os significados da vivência da ginástica gera para adolescentes de uma instituição salesiana de proteção à criança e ao adolescente. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, 2003.

DESIDERIO, Andrea. Qualidade de vida e Ginástica Geral: possíveis aproximações. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2009.

ESSA, Samir Abdel-Nabi Essa. Effect of developing coordination abilities on improving performance level for gymnastics for all shows players. Journal of Applied Sports Science, n. 1, v. 6, mar. 2016.

GAMA, Leonardo Rocha da. Ginástica e ética na escola: apontamentos para compreender a convivência humana. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.

GANELIE, Rosana Santana. Ginástica Geral na Educação não-formal: uma experiência no Clube Municipal Roberto ângelo Barbosa. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2009.

GRANER, Larissa; PAOLIELLO, Elizabeth; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Grupo Ginástico Unicamp: potencializando as ações humanas. In: BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; PAOLIELLO, Elizabeth. Ginástica para Todos: um encontro com a coletividade. Campinas: Editora da Unicamp, 2017.

GUTIERREZ, Luis Alberto Linzmayer. Formação humana e Ginástica Geral na Educação Física. Tese (Doutorado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2008.

KAUFFMAN, Alessandra Precinda; BROCH, Caroline; PIZANI, Juliana; TEIXEIRA, Fabiane Castilho; RINALDI, Ieda Parra Barbosa. A produção de conhecimento em ginástica para todos: uma análise de teses e dissertações de 1980 a 2012. Conexões, v. 14, n. 3, jul./set. 2016, pp. 3-22.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Belo Horizonte: UFMG, 2008.

LIMA, Leticia Bartolomeu Queiroz; MURBACH, Marina Aggio; AFONSO, Paulo Roveri; SANTOS, Patricia Gracioli; SCHIAVON, Laurita Marconi. A ginástica geral no ensino fundamental na cidade de Rio Claro-SP: a perspectiva dos alunos. Conexões, v. 13, n. especial, mai. 2015, pp. 27-38.

LOPES, Priscila Lopes; LEAL, Juliana; VALIENGO, Amanda; GONÇALVES, Edvânia; GOMES, Nayara; PESSOA, Taynara. Ginástica para Todos e literatura: realidade, possibilidades e criação. Conexões, v. 13, n. especial, mai. 2015, pp. 127-146.

MATURANA, Humberto; REZEPKA, Sima Nisis de. Formação e capacitação humana. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

MARCONI, M.A.; LAKATOS, E. V. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2008.

MECHBACH, Jane; LUNDQUIST WANEBERG, Pia. The World Gymnaestrada: a non-competitive event. Scandinavian Sport Studies Forum, v. 2, 2011, pp. 99-118.

MENEGALDO, Fernanda Raffi Menegaldo; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Ginástica para Todos: primeiras reflexões sobre uma prática coletiva. Revista ALESDE, v. 9, n. 4, dez/2018.

MORENO, Natalia Lopes; TSUKAMOTO, Mariana Harumi Cruz. Influências da prática da Ginástica Para Todos para a saúde na velhice: percepções dos praticantes. Conexões, v. 16, n. 4, p. 468-487, out./dez. 2018.

PALOMARES, Barbara Raquel; FELIX, Maria Tatiana de Lima Rocha. A experiência da composição coreográfica em festivais de ginástica para todos com alunos do ensino superior: a percepção dos coreógrafos. Coleção Pesquisa em Educação Física, v. 14, n. 2, 2015.

PAOLIELLO, Elizabeth; TOLEDO, Eliana; AYOUB, Eliana; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; GRANER, Larissa. Grupo Ginástico Unicamp: 25 anos. Campinas: Unicamp, 2014.

PARLEBAS, Parlebas. Léxico de Praxiologia Motriz: juegos, deporte y sociedad. Barcelona, Editorial Paidotribo, 2001.

PATRICIO, Tamiris. Lima; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; CARBINATTO, Michele Viviene. Festivais de ginástica no mundo e no Brasil: reflexões gerais. Rev Bras Educ Fís Esporte, (São Paulo),, v. 30, n. 1, pp. 199-216, jan./mar. 2016.

PATRÍCIO, Tamiris Lima; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Festivais ginásticos: princípios formativos na visão de especialistas. Conexões, v. 13, n. especial, p. 98-114, maio/2015.

PÉREZ GALLARDO, Jorge; SOUZA, Elizabeth Paoliello Machado. La experiencia del Grupo Ginástico Unicamp en Dinamarca. In: Congresso latino-americano, ICHPER-SD. Foz do Iguaçu, 1995, pp. 292-298.

PÉREZ GALLARDO, Jorge; SOUZA, Bruno de Castro; NASCIMENTO, Bruno José; COUTINHO, Nei Marques. A experiência de implantação da proposta multicultural: Ginástica para Todos com orientação pedagógica. Conexões, v. 14 n. 4 p. 97-120 out./dez. 2016.

PIZANI, Juliana; SERON, Vanessa; RINALDI, Ieda Parra Barbora Rinaldi. Formação inicial em educação física na cidade de Maringá: a ginástica geral em questão. Motriz, Rio Claro, v. 15, n. 4, out./dez. 2009, pp. 900-910.

SAROA, Giovanna. A constituição e o processo coletivo de criação do Grupo Ginástico Unicamp pelas vozes de seus coordenadores. Tese (Doutorado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2017.

SANTOS, Thyago Thacyano de Souza; NOBRE, Juliana Nogueira Pontes; NIQUINI, Claudia Mara; LOPES, Priscila. A Ginástica Para Todos nas aulas de educação física: um estudo de caso. Conexões, v. 16, n. 4, p. 450-467, out./dez. 2018.

SCARABELIM, Maria Letícia Abud; TOLEDO, Eliana. Proposta de criação de uma ficha analítica de composições coreográficas na ginástica para todos: primeiros ensaios. Conexões, v. 13, n. especial, mai. 2015, pp. 181-196.

SENNETT, Richard. Juntos: Os rituais, os prazeres e a política da cooperação. Rio de Janeiro: Record, 2012a.

SILVA, Ludmila de Andrade Bezerra da Costa. Ginástica para todos na formação inicial em Educação Física na grande Florianópolis-SC: o conhecimento dos docentes. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2015.

SOARES, Daniela Bento; ALMEIDA, Tabata Larissa; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Autonomia, criatividade e o processo de construção coletiva na Ginástica para Todos. In: MIRANDA, Rita de Cassia Fernandes; EHRENBERG, Mônica Caldas; BRATIFISCHE, Sandra Aparecida. Temas emergentes da Ginástica para Todos. Varzea Paulista: Fontoura, 2016.

SOARES, Daniela Bento; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; AYOUB, Eliana, PAOLIELLO, Elizabeth; CARBINATO, Michele Viviene. Festival nacional de ginástica do Japão: panorama geral e tipologia das composições coreográficas. Conexões, v. 13, n. especial, mai. 2015, pp. 127-143.

SOUZA, Elizabeth Paoliello Machado. Ginástica Geral: uma área do conhecimento da Educação Física. 1997. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas, 1997.

VILASSANTE, Rosalia Carlota Yorges Villasante. Experiencia pedagógica: escuela, família y Gimnasia General. Investigación Educativa, v. 16, n. 29, jan./jul. 2012, pp. 115-124.

WHICMANN, Angela. Sports tourism participation at the World Gymnaestrada: an expression. And experience of community and identity. Thesis (Doctor of Philosophy) - University of Brighton, 2014.

WICHMANN, Angela; JARVIS, Nigel. Commitment, expertise and mutual recognition: oscillating sports tourism experiences of performing and watching at the World Gymnaestrada, Journal of Sport & Tourism, dez. 2015.

WICHMANN, Angela. Diversity versus Unity: A Comparative Analysis of the Complex Roots of the World Gymnaestrada. The International Journal of the History of Sport, v. 32, n. 4, 2015a, pp. 614-629.

WICHMANN, Angela. Participating in the World Gymnaestrada: an expression and experience of community. Leisure Studies, ago. 2015b.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2020e62007



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA