Práticas de atividade física: uma análise da motivação e satisfação dos policiais militares de João Pessoa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2020e73579

Palavras-chave:

Educação física, Esportes, Imagem corporal, Saúde, Policial militar

Resumo

O presente estudo tem como objetivo analisar os aspectos motivacionais e de satisfação nas práticas de atividades físicas dos policiais militares. Do ponto de vista metodológico este estudo contempla uma pesquisa de natureza qualitativa – descritiva e transversal, os dados foram obtidos através de um questionário semiestruturado, sendo analisados de forma qualitativa e quantitativa, através da análise de conteúdo e estatística percentual simples. Esta pesquisa foi realizada com 32 policiais militares da ativa e guarda da reserva, de ambos os sexos, pertencentes ao 5º Batalhão de Polícia Militar do estado da Paraíba. Os resultados obtidos sugerem que a maioria dos policiais são adeptos a alguma prática de atividade física, foram observados a predominância de fatores intrínsecos na motivação para a realização destas práticas, os principais citados são saúde, bem-estar, qualidade de vida, estética e condicionamento físico para atuação profissional.

Biografia do Autor

Rauã Monteiro Marçal, Universidade Federal da Paraíba

Departamento de Educação Física 

Centro de Ciências da Saúde 

Mateus David Finco, Universidade Federal da Paraíba

Departamento de Psicopedagogia

Centro de Educação

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA O ESTUDO DA OBESIDADE E DA SÍNDROME METABÓLICA. Diretrizes brasileiras de obesidade 2016 / ABESO. 4ª ed. - São Paulo, SP.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Motivação nas organizações. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 1997.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

CASPERSEN, Carl; POWELL, Kenneth; CRISTENSEN, Gregory. Physical activity, exercise and physical fitness: definitions and distinctions for health-related research. Public Health Reports. Atlanta – E.U.A., v. 100, n. 2, p. 126-131, abr. 1985. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1424733/pdf/pubhealthrep00100-0016.pdf. Acesso em: 12 jun. 2019.

FARIA, Terezinha Gomes. Análise comparativa do nível de motivação intrínseca de atletas de ambos os sexos, participantes de esportes individuais e coletivos, com diferentes níveis de experiência. 2004. 94 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Educação Física, Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2004. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/24771. Acesso em: 12 jul. 2019.

FERREIRA, André; DEMUTTI, Carolina Medeiros; GIMENEZ, Paulo Eduardo Oliveira. A teoria das necessidades de Maslow: A influência do nível educacional sobre a sua percepção no ambiente de trabalho. [s.l.], set. 2010. Disponível em: https://www.etica.eco.br/sites/textos/teoria-de-maslow.pdf. Acesso em: 11 ago. 2019.

FONTELLES, Mauro José et al. Metodologia da pesquisa científica: Diretrizes para elaboração de um protocolo de pesquisa. Rev. para. medicina. Amazônia, v. 23, n. 3, jul./set. 2009. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0101-5907/2009/v23n3/a1967.pdf. Acesso em: 18 jul. 2019.

FREIRE, Rafael Silveira et al. Prática regular de atividade física: estudo de base populacional no norte de minas gerais, Brasil. Rev. bras. med. esporte. v. 20, n. 5, p. 346, set./out. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v20n5/1517-8692-rbme-20-05-00345.pdf. Acesso em: 23 nov. 2019.

FREITAS, Washington Deleon Ferreira de. A importância do profissional de educação física na orientação da musculação. Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Graduação em Educação Física, UNIFOR, Minas Gerais. 2013.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf. Acesso em: 20 jul. 2019.

HARARI, Yuval Noah. Sapiens: Uma breve história da humanidade. São Paulo. L&PM Editores, 2015.

JESUS, Gilmar Mercês de; JESUS, Eric Fernando Almeida de. Nível de atividade física e barreiras percebidas para a prática de atividades físicas entre policiais militares; Rev. Bras. ciênc. esporte, Florianópolis, v. 34, n. 2, p. 433-448, abr./jun. 2012.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 12 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. 13ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

PITANGA, Francisco José Gondim. Epidemiologia da atividade física, exercício físico e saúde. 2. ed. São Paulo: Phorte, 2004.

REICHERT, Felipe Fossati; SILVA, Ana Júlia Batista da; BRUNETTO, Bruna Camargo. Imagem corporal de praticantes de treinamento com pesos em academias de londrina, PR. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde, [s.l.], v. 15, n. 3, p.170-175, mar. 2010. Disponível em: http://cev.org.br/biblioteca/imagem-corporal-praticantes-treinamento-com-pesos-academias-londrina-pr/. Acesso em: 12 jan. 2020.

REIS, Rodrigo Siqueira. Determinantes ambientais para a realização de atividades físicas de nos parques urbanos de Curitiba: uma abordagem sócio-ecológica da percepção dos usuários. 2001. 177 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Educação Física, Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Curitiba, 2001. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/80235?show=full. Acesso em: 22 fev. 2020.

SCHWAAB, Debora Regina. Motivação intrínseca e extrínseca nas aulas de educação física. 2014. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura) - Curso de Graduação em Educação Física, UNB, Primavera do Leste, 2014.

SILVA, Jocélio Monteiro. Segurança Pública Ativa: avaliação do vo2 máx. dos ciclo patrulheiros do 2º batalhão de polícia militar do estado da Paraíba (BPM-PB). 2012. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena) - Curso de Graduação em Educação Física, UEPB, Campina Grande, 2012. Disponível em: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/123456789/949/1/PDF%20-%20Joc%C3%A9lio%20Monteiro%20da%20Silva.pdf. Acesso em: 01 nov. 2019.

SILVA, Lauro Márcio Osório da. Hábitos de vida e o nível das atividades físicas realizadas pelos policiais militares que compõem o 5º batalhão de polícia militar. Revista Científica de Pesquisa em Segurança Pública, [s.l.], v. 14, n. 1, p.120-135, jun. 2015. Disponível em: http://revistacientifica.pm.mt.gov.br/ojs/index.php/semanal/article/view/257/pdf_156. Acesso em: 05 fev. 2020.

SILVA, Luimaykell Ribeiro et al. Fatores de risco para hipertensão arterial em policiais militares do centro-sul piauiense. Rev. Baiana de Saúde Pública, [s.l.], v. 38, n. 3, p.679-692, fev. 2014. Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. Disponível em: http://rbsp.sesab.ba.gov.br/index.php/rbsp/article/view/707. Acesso em: 25 ago. 2019.

SOUZA, Aline Cavalcante de. Relação entre atividade física, corpo e imagem corporal entre universitários da Argentina, Brasil, Estados Unidos da América e França. 2017. 202 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2017. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-02082017-153802/publico/AlineCavalcanteSouzaRevisada.pdf. Acesso em: 08 fev. 2020.

ZAMAI, Carlos Aparecido; BANKOFF, Antônia Dalla Pria. Atividade física e Saúde: Experiências Bem-Sucedidas nas Empresas, Organizações e Setor público. Jundiaí, Paco Editorial: 2013.

Downloads

Publicado

2020-08-05

Edição

Seção

Artigos Originais