Centro de estudos em política e gestão do esporte e lazer: trajetória científica e perspectivas futuras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2021e78746

Palavras-chave:

Esporte, Lazer, Promoção da saúde, Política, Gestão

Resumo

O Centro de Estudos em Política e Gestão do Esporte e Lazer se apresenta como um grupo de pesquisa vinculado a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. A referida entidade tem como objetivo o desenvolvimento de pesquisas correlatas ao processo da formação da agenda para o Esporte, Lazer, Promoção da Saúde e Educação Física. Do ponto de vista epistemológico, o programa de pesquisa do referido grupo encontra-se alicerçado na Ciência Política. A produção do conhecimento encontra-se materializada em livros, capítulos de livros e artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Diante do exposto, os estudos desenvolvidos pelo grupo tornam-se uma alternativa para a revisão teórica da literatura científica nacional com vistas ao processo de falseamento dos valores e crenças que permeiam o fazer científico da produção relacionada a política e gestão do esporte e lazer.

Biografia do Autor

Neidiana Braga da Silva Souza, Universidade Estadual de Maringá

Mestra Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Educação Física,

Maringá, Paraná, Brasil

Temistocles Damasceno Silva, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Mestre Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia,

 Departamento de Saúde I, Jequié, Bahia, Brasil.

Ivan Luiz Ferreira da Silva, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Graduado Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia,

 Departamento de Saúde I, Jequié, Bahia, Brasil.

Murillo Lago Menezes, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Especialista

Universidade Estadual de Maringá,

Departamento de Educação Física, Maringá, Paraná, Brasil

Referências

AMARAL, S. C. F.; RIBEIRO, O. C. F.; SILVA, D. S. Produção científico-acadêmica em Políticas Públicas de Esporte e Lazer no Brasil. Motrivivência, 2014. 26(42), 27-40.

AZEVEDO, J. R. Políticas Públicas de Esporte e Lazer no estado do Acre – Brasil. 2014. 326f. Dissertação (Doutorado em Ciência do Desporto) - Universidade do Porto, Porto, 2014.

BAUMGARTNER, F. R.; JONES, B. D. Agendas and Instability in American Politics (Chicago: Chicago University Press), 1993.

BECK, U. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Editora 34. 2ª ed. 2011.

CAPELLA, A. C. N. Formulação de Políticas. Brasília: Enap, 2018.

CASTRO, S. B. E. de; MORO, N. R. N. de L.; SILVEIRA, L. R. T. da; MEZZADRI, F. M. O estado da arte em políticas sociais de esporte e lazer no Brasil (2000-2009). Pensar a Prática, 15(2), 2012.

CHARQUÉS-BONAFONT, Laura; PALAU, Anna M.; BAUMGARTNER, Frank R. Agenda Dynamics in Spain. Hampshire/New York: Paugrave e Macmillan, 2015.

COBB, Roger W.; ELDER, Charles D. Participation in american politics: the dynamics of agenda building. Boston: Allyn and Bancon, 1972.

COBB, Roger W.; ELDER, Charles D. The politics of agenda-building: an alternative perspective for Modern Democratic Theory. Journal of Politics, v. 33, n. 4, p. 892-915, 1971.

DOWNS, Anthony. An economic theory of democracy. New York: Haper & Brothers, 1957.

HOULIHAN, B. Sport, Policy and Politics: A Comparative Analysis. New york: Routledge, 2001.

HOULIHAN, B.; BLOYCE, D.; SMITH, A. Developing the research agenda in sport policy. International Journal of Sport Policy and Politics, London, 2009.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de Informações Básicas Estaduais (ESTADIC). 7º Ed. Rio de Janeiro, 2019.

KINGDON, John. Agendas, alternatives, and public policies. 3a. ed. New York: Harper Collins, [1984], 2003.

MARTINS, D. J. Q. A formulação e a implementação das políticas públicas no campo do esporte no Estado do Paraná entre 1987 e 2004. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2004.

MENDES, A. D. Política da política de esporte: uma análise da Frente Parlamentar do Esporte e da Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados na 54ª Legislatura. Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

MEZZADRI, F. M. A estrutura esportiva no Estado do Paraná: da formação dos clubes as atuais políticas governamentais. Campinas. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, 2000.

PARSONS, Wayne. Políticas públicas: una introducción a la teoría y la práctica del análisis de políticas públicas. México, Flacso, 2007.

PETERS, G. Advanced Introduction to Public Policy. Cheltenham, Northhampton: Edward Elgar, 2015.

POPPER, K. R. A lógica da pesquisa científica. São Paulo: Cultrix, 1974.

POPPER, K. R. Conjecturas e Refutações. Brasília: Editora da UnB, 1980.

RIBAS, J. A. Os jogos abertos do Paraná na contextualização do esporte paranaense entre 1987 e 2005. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

RITTEL, Horst W. J.; WEBBER, Melvin M. Dilemmas in a General Theory of Planning. Policy Sciences, v. 4, p. 155-169, 1973.

ROCHEFORT, David; COBB, Roger. Problem definition: an Emerging perspective. In: Rochefort, D.A.; Cobb, R.W. (eds.). The Politics of Problem Definition: Shaping the Policy Agenda. Lawrence: University of Kansas Press, 1994.

SCHATTSCHNEIDER, E.E. The Semi-Sovereign People. New York: Winston, 1960.

STONE, Deborah A. Policy paradox: the art of political decision making. Nova York: Norton & Company, [1988], 2002.

TOLEDO, R. M. As políticas públicas e o direito “social” ao esporte: uma análise a partir do Estado do Paraná (1995-2010). Tese (Doutorado em Sociologia). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

ZAHARIADIS, Nikolaos. The domestication of a ́wild ́ problem: taming policy agenda setting. In: Zahariadis, N. (org.). Handbook of public policy agenda setting. Cheltenham, Northapton: Edward Elgar, 2016.

Downloads

Publicado

2021-06-02

Edição

Seção

Seção Temática