Ideologia e subjetividade: a mediação da educação no capitalismo globalizado

Autores

  • José Policarpo Júnior Universidade Fedeal de Pernambuco - UFPE

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Subjetividade, Ideologia e educação, Individualidade, Subjectivity, Ideology and Education, Individuality

Resumo

Este trabalho demonstra que a subjetividade não pode ser
concebida de forma separada do indivíduo, embora sua constituição se dê sob a coerção da ideologia, a qual não permite a autêntica diferenciação daquela. A vida subjetiva do indivíduo é, portanto, até agora, fruto da mediação psíquica da coerção objetiva do mundo social. A educação assume, no atual estágio do capitalismo, o papel ditado pela ideologia na definição dos limites impostos ao indivíduo, legitimando os contornos
nos quais este deve constituir sua vida subjetiva.

Biografia do Autor

José Policarpo Júnior, Universidade Fedeal de Pernambuco - UFPE

Licenciatura em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1990), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (1994) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Pernambuco.

Mais informações:

http://lattes.cnpq.br/5400111309201935

Downloads

Publicado

1999-01-01