As relações creche e famílias

Autores

  • Telma Vitoria Universidade Federal de Alagoas, Maceió

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Creches, Relações com a Família

Resumo

As relações creche e famílias são discutidas a partir de suacontextualização sócio-histórica. Inicia-se, por isso, com um breve his-tórico das creches no Brasil, em que são sinalizados alguns aspectosque contribuíram para as transformações observadas nessas institui-ções em relação à sua função social, e como estas se refletiram nasrelações com os usuários. De filantrópicas, autoritárias e fechadas àparticipação das famílias, as creches vêm se mostrando cada vez maiscomo instituições de direito, abertas e democráticas. Neste contexto,encontramos diferentes tipos de fatores inter-relacionados, como as po-líticas de atendimento infantil, as condições sócio-econômicas e os co-nhecimentos científicos sobre desenvolvimento e educação infantil. Se-lecionamos, então, três subtemas para desenvolver: os pressupostossócio-interacionistas do desenvolvimento infantil; as representações so-ciais sobre creche, maternidade, crianças e famílias; e formação dosprofissionais / educadores de creche.

Biografia do Autor

Telma Vitoria, Universidade Federal de Alagoas, Maceió

Possui graduação em Psicologia pela Faculdade de Filosofia Ciências Letras de Ribeirão Preto USP (1983) e mestrado em Ciências pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto USP (1997) . Atualmente é professor assistente da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Educação. Atuando principalmente nos seguintes temas: Representações sociais, educadoras, família. Mais informações:http://lattes.cnpq.br/7696726796175608

Downloads

Publicado

1999-01-01