Entre o pensar e o conhecer: um lugar para a diferença na formação de professores

Autores

  • Ida Mara Freire

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2010v28n1p117

Palavras-chave:

Igualdade na educação, Professores – Formação

Resumo

Na tentativa de distinguir o pensar e o conhecer, o artigo apresenta um exercício de pensamento como possibilidade de atividade acadêmica na formação de professores. O texto se pauta no exame crítico de algumas noções e conceitos que gravitam em torno da igualdade de direito à educação, a saber, estigma, diferença, direitos humanos, igualdade, e igualdade de oportunidades e ação a% rmativa em diálogo com alguns % lósofos contemporâneos, a saber, Hannah Arendt, Jacques Derrida, John Rawls e Peter Singer. Trilha-se um caminho que parte do juízo perceptivo e chega-se ao juízo ético, que atribui a igual consideração de interesses.

Downloads

Publicado

2010-06-03