Trajetórias de acesso ao mundo da escrita: relevância das práticas não escolares de letramento para o letramento escolar

Autores

  • Angela B. Kleiman

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2010v28n2p375

Palavras-chave:

Projeto escolar, Cultura escrita

Resumo

Utilizando uma concepção sócio-histórica do letramento, que se opõe a uma
concepção instrumental dos usos da escrita (STREET, 1984; KLEIMAN, 1995), este artigo discute aspectos do letramento escolar, apontando algumas implicações dessa concepção para o ensino e a pesquisa. São apresentadas duas linhas de pesquisa desenvolvidas no grupo de pesquisa Letramento do Professor: a que tem por objetivo o desenvolvimento, análise e documentação de ‘projetos de letramento e seus efeitos no letramento escolar e a que focaliza práticas de letramento locais e seus impactos nas identidades de líderes e agentes comunitários. Ambas visam a contribuir para o desenvolvimento de programas de ensino favoráveis aos alunos socialmente mais vulneráveis, cujo acesso ao mundo da escrita encontra múltiplos obstáculos.

Downloads

Publicado

2010-07-14