A virada para o século XXI e os desdobramentos das concepções pós-modernas nas políticas de gestão escolar

Isaura Monica Souza Zanardini, Maria Elizabete Sampaio Prado Xavier

Resumo


Este artigo apresenta reflexões a respeito da reforma da gestão escolar a partir da década de 1990. Esta reforma é implantada sob o argumento de que é necessário modernizar a perspectiva de gestão da escola para torná-la eficiente. Para desenvolver a análise, realizada a partir de pesquisa bibliográfica, o artigo revisita a substituição do taylorismo/fordismo pelo paradigma da acumulação flexível, que apresenta um “novo” modelo de gestão e de controle. Este modelo estaria pautado na ideologia da pós-modernidade. Para evidenciar esta conclusão, discute-se a lógica de gestão/controle do trabalho pautada na racionalidade pós-moderna que acompanha a recuperação dos ideais do liberalismo, procurando apresentar as implicações que essa lógica produz no âmbito da gestão escolar. Observa-se que a organização escolar incorpora este movimento por meio da difusão de hábitos e atitudes e também a partir da adoção dos elementos empregados pela administração que se desenvolve em um conjunto de organizações sociais. Nesse sentido, é tratada a valorização do elemento humano, da implantação de mecanismos de avaliação, da descentralização e autonomia que se constituem como categorias fundamentais para a reforma da gestão em análise. Como um dos resultados evidenciados, destaca-se que a tensão entre as “racionalidades” discutida pela pós-modernidade é de base ideológica e tem em vista a responsabilização dos sujeitos pelos resultados alcançados.


Palavras-chave


Gestão escolar; Racionalidade; Pós-modernidade

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2014v33n1p263



Direitos autorais 2016 Isaura Monica Souza Zanardini, Maria Elizabete Sampaio Prado Xavier

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.