A multidimensionalidade do conceito da violência: elementos para o debate

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2017v35n4p1277

Palavras-chave:

Violência, Violência na escola, Reflexão, Civilização e educação

Resumo

A multiplicidade de tratamento das questões sociais emergentes atuais é infinita; diversas possibilidades de análise de encaminhamentos teóricos são possíveis para variadas questões, a partir de distintos estudiosos. Considerando tais possibilidades, pretende-se, neste ensaio, problematizar o conceito de violência, utilizando para isso teóricos das áreas da psicologia, da psicanálise, da sociologia e da educação. Mais do que propor alternativas para a superação do fenômeno violência, almeja-se evidenciá-lo em sua perspectiva complexa e multifacetada, indicando o processo educacional no seu compromisso de humanização como possibilidade de emancipação da razão e de superação das ações humanas consideradas violentas neste mundo já tão fragmentado, cujas relações sociais encontram-se tão reificadas.

 

Biografia do Autor

Arlindo da Silva Lourenço, Universidade de São Paulo - USP

Doutor em Psicologia pela USP-SP. Professor do Departamento de Saúde III da UNINOVE-SP e pesquisador do
Laboratório de Estudos sobre o Preconceito da USP (LaEP-USP).

Renata Marcílio Cândido, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da USP-SP. Professora do Departamento de Pedagogia da UNIFESP-
Guarulhos.

Downloads

Publicado

2017-12-21