Novos diálogos dos estudos feministas da deficiência

Ruthie Bonan Gomes, Paula Helena Lopes, Marivete Gesser, Maria Juracy Filguieras Toneli

Resumo


O objetivo deste estudo foi o de caracterizar a produção recente dos estudos feministas da deficiência (Feminist disability studies), com o foco na intersecção entre gênero e deficiência. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura internacional na qual foram incluídos artigos publicados nos últimos cinco anos em revistas disponíveis no portal de periódicos da CAPES. Os artigos analisados ressaltam que os modelos de compreensão da deficiência têm efeitos sociais e políticos nas formas de se pensar em questões como a corporeidade, a sexualidade, o cuidado e a interdependência. Além disso, as produções estudadas apontam que a inclusão da deficiência como categoria de análise a ser considerada nos estudos e práticas sociais tem um potencial analítico e político.


Palavras-chave


Feminist disability studies; Gênero; Deficiência; Interseccionalidade

Texto completo:

PDF/A PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.1590/1806-9584-2019v27n148155

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.