Comunicação no Ciberespaço: diálogos acerca de Matemática

Rosa Monteiro Paulo, Miliam Juliana Alves Ferreira

Resumo


Neste texto explicitamos compreensões acerca da comunicação que se dá no ciberespaço. Tal compreensão foi propiciada por uma pesquisa de mestrado desenvolvida pela segunda autora deste texto com orientação da primeira autora. Questionamos, na pesquisa, as possibilidades do ciberespaço como espaço comunicativo, acompanhando comunidades virtuais do Facebook e do Orkut que discutem Matemática. Focamos os modos de expressão dos participantes procurando esclarecer como a comunicação acerca da Matemática se dá no ciberespaço. A comunicação e expressão são tematizadas à luz das ideias de Merleau-Ponty e o ciberespaço é assumido como nas pesquisas de Bicudo e Rosa. A postura fenomenológica orienta os caminhos da pesquisa e a interpretação dos dados desvela, dentre outros aspectos, que o ciberespaço é aberto à comunicação e possibilita modos de expressão pela fala, por meio de imagem e pela linguagem matemática. A expressão pela fala é discutida neste texto mostrando que o diálogo entre os sujeitos é possível quando se considera a abertura ao ouvir.


Palavras-chave


Educação Matemática; Fenomenologia; Pesquisa Qualitativa; Virtual

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1981-1322.2016v11nespp256

Indexadores, diretórios e base de dados:

                                                                     

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.
 
 

 Licença Creative Commons
Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.