Diferentes representações para o conceito de inequações: uma análise de livros didáticos de matemática do ensino médio

Veridiana Rezende, Wilian Barbosa Travassos

Resumo


Apresentamos neste artigo uma análise, relacionada ao conceito de inequação e suas diferentes representações, realizada em seis (06) livros didáticos de Matemática do 1º ano do Ensino Médio, aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático - PNLD 2015. Buscamos identificar as representações e os possíveis tratamentos e conversões priorizados pelos autores dessas obras, no que se refere especificamente às inequações de 1º grau, inequação-produto, inequação-quociente e inequações simultâneas. Para as análises, consideramos todos os exercícios propostos nas referidas seções e suas respectivas respostas indicadas no final do livro didático do aluno. Como resultado, no que diz respeito aos tratamentos, destacamos que os livros didáticos priorizam o tratamento algébrico para a resolução das inequações. Com relação às conversões, nossas análises mostram que esta atividade cognitiva não é priorizada pelos autores. Uma das obras, por apresentar maior número de  situações-problema, propicia a coordenação entre os registros língua natural e algébrico, fato que é positivo para o ensino de Matemática. Outra obra apresenta um maior número de registros gráficos, em relação às demais coleções, fato que pode enriquecer a aprendizagem do aluno.


Palavras-chave


Ensino de matemática; Representação semiótica; Inequações

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2017v12n1p96

 

Indexadores, diretórios e base de dados:

 

 

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.