Desenvolvimento de conceitos geométricos com alunos de um curso de pedagogia por meio de atividades envolvendo a realidade aumentada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1981-1322.2021.e76092

Palavras-chave:

Realidade Aumentada, Geometria, Formação de Professores

Resumo

Diante da preocupação em desenvolver habilidades geométricas em cursos de formação de professores, questionou-se de que forma o uso da realidade aumentada (RA) poderia contribuir, como recurso de aprendizagem, para o desenvolvimento de conceitos geométricos em acadêmicos de uma turma do 6º período de um curso de Pedagogia. Assim, este artigo norteia-se por uma pesquisa que fez utilização do aplicativo GeometriAR, o qual permite a visualização de objetos tridimensionais a partir de suas planificações. Para analisar a contribuição desse recurso, buscou-se caracterizar as dificuldades conceituais apresentadas nos processos de ensino e aprendizagem da Geometria, por meio da realização de um minicurso. A pesquisa realizada foi qualitativa, em uma perspectiva de estudo de caso que utilizou como instrumentos metodológicos observações, gravações e questionários. Os resultados indicam que a inserção da tecnologia de RA permitiu que os acadêmicos reorganizassem ou ressignificassem seus conhecimentos geométricos.

Biografia do Autor

Tarliz Liao, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Professor e pesquisador do DID/UNIRIO
Líder do GEPETEC/CNPQ

Professor colaborador na INTEDUC/UTFPR

Sonia Regina Mincov de Almeida, FAE Centro Universitário

Mestre em Educação Matemática - Universidade de São Francisco

Especialista em Inovações Tecnológicas na Educação - UTFPR

Marcelo Souza Motta, UTFPR

Professor adjunto da UTFPR, coordenador da Especialização em Inovação e Tecnologias na Educação (INTEDUC) e membro do corpo docente do Programa de Pós-graduação em Formação Científica, Educacional e Tecnológica (PPGFCET)

Referências

Alves, Z. M. M. B., & Silva, M. H. G. F D. (1992). Análise qualitativa de dados de entrevista: uma proposta. Paidéia (Ribeirão Preto). Ribeirão Preto.

André, M. D. A. (1983). Texto, contexto e significado: algumas questões na análise de dados qualitativos. N.2. Cadernos de Pesquisa. 1983.

Franco, C. P. (2017). Understanding digital natives learning experiences. In A, Tezani, T.C.R., Tezani (Ed.), Nativos digitais: considerações sobre os alunos contemporâneos e a possibilida de de se (re)pensar a prática pedagógica: Rev. Bras. Psicol. Educ., Araraquara, v.19, n.2, (pp. 295-307).

Garutti, S., & Ferreira, V.L. (2015). Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação. Revista Cesumar Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, v.20, n.2, 355-372.

Geroimenko, V. (2018). Augmented Reality Technology and Art: The Analysis and Visualization of Evolving Conceptual Models. In: A.C.Macedo (Ed.) Ensino e aprendizagem de geometria por meio da realidade aumentada em dispositivos móveis: um estudo de caso em colégios públicos do litoral paranaense. Dissertação de mestrado – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná. Curitiba.

Gomes, A.P.L., Ramos, R.A., Brito, L.F., Batista, M.F. e Leal, B. G. (2019). GeometriAR: aplicativo educacional com realidade aumentada para auxiliar o ensino de sólidos geométricos. Renote: Revista Novas Tecnologias na Educação, CINTED-UFRGS, v. 17, nº 1, julho 2019: Rio Grande do Sul.

Kucharski, M.V.S. (2019). Fundamentos de Inovação e Tecnologia na Educação. Especialização em Inovação e Tecnologias na Educação (INTEDUC). Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Recuperado de https://moodle.utfpr.edu.br/course/view.php?id=10512

Milgram, P., Takemura, H., Utsumi, A. e Kishino, F.(1995). Augmented reality: a classof displays onthe reality-virtuality continuum. In: Telemanipulator and telepresence technologies. International Society for Optics and Photonics.

Motta, M.S. (2017). Formação Inicial do Professor de Matemática no Contexto das Tecnologias Digitais. Revista Contexto e Educação, Ijuí, v. 32, n.102, 170-204.

Nacarato, A.M., & Passos, C.L.B. (2003). A Geometria nas Séries Iniciais: uma análise sob a perspectiva da prática pedagógica e da formação de professores. São Carlos: EdUFSCar.

Nacarato, A.M., & Santos, C.A. (2014). Aprendizagem em Geometria na educação básica: a fotografia e a escrita na sala de aula. Coleção Tendências em Educação Matemática, 1 ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.

Veen, W., & Vrakking, B. (2009). Homo Zappiens: educando na era digital. Trad. de Vinícius Figueira. Porto Alegre: Artmed, 2009.

Downloads

Publicado

2021-03-09

Edição

Seção

Artigos