A conversa infinita: a ausência de livro de Maurice Blanchot, Tradução de João Moura Jr.

Autores

  • Amanda Mendes Casal UNB
  • Eclair Antonio Almeida Filho UNB

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2012v1n29p195

Resumo

A edição brasileira de L’Entretien Infini, de Maurice Blanchot, publicada pela editora Escuta sob o título A conversa infinita, teve suas 640 páginas divididas em três volumes, que seguem as seções da obra francesa, originalmente publicada em 1969 pela editora Gallimard, a saber: La parole plurielle (parole d’écriture), traduzida por A palavra plural (palavra de escrita), L’Expérience-limite, por A experiência limite, e L’Absence de livre (le neutre le fragmentaire), por A ausência de livro (o neutro o fragmentário). Dos volumes que foram publicados entre 2001 e 2010, a tradução do primeiro esteve sob a responsabilidade de Aurélio Guerra Neto, diferentemente das duas seguintes, assinadas por João Moura Jr. e publicadas a partir de 2007.

 

Downloads

Publicado

2012-07-30

Edição

Seção

Resenhas de Tradução