Por uma poética da tradução

Janaina Rocha de Paula

Resumo


Partindo do ensaio “A tarefa do tradutor”, de Walter Benjamin, e sua articulação com o livro Torre de Babel, de Jacques Derrida, buscamos abordar as traduções realizadas por Maria Gabriela Llansol a partir das noções de renúncia e doação. Renunciando a uma forma de tradução inserida na tradição melancólica/maníaca, a tarefa de tradução em Llansol aproxima-se de uma prática poética tendo no dom do amor o seu elemento de abertura.


Palavras-chave


Tradução; Renúncia; Dom; Amor; Letra

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2013v1n31p81



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.