Entrevista com Donaldo Schüler

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2019v39n2p294

Palavras-chave:

Entrevista, Donaldo Schüler

Resumo

Esta é uma entrevista realizada recentemente com o escritor e tradutor Donaldo Schüler. Ele é professor emérito em Língua e Literatura grega da UFRGS, além de ser poeta e ensaísta. Sua carreira como tradutor conta com traduções de tragédias gregas, a Odisséia de Homero e Finnegans Wake de James Joyce. Sua tradução da última obra de Joyce lhe rendeu o prêmio Jabuti em 2004. É principalmente sobre sua experiência como tradutor de Finnegans Wake, um dos livros mais desafiadores da literatura ocidental, que essa entrevista se propõe dedicar maior atenção.

Biografia do Autor

Leide Daiane de Almeida Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).Mestre em Inglês: Estudos Linguísticos e Literários, também pela UFSC. Especialista em Educação a Distância pela Universidade do Estado da Bahia. Graduada em Letras - Língua Inglesa e Literaturas também pela UNEB. 

Larissa Ceres Lagos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

Graduada em Letras português-inglês, especialista em estudos literários, mestra em estudos da tradução e doutoranda em estudos da tradução. 

Giovana Beatriz Manrique Ursini, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

Formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Mestra em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutoranda em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Referências

Schüler, Donaldo. “Donaldo Schüler em Torno a Tradução e o Finnegans Wake”. Scientia Traductionis, Florianópolis, 313-24 n.8, 2010. Entrevista concedida a Marie-Hélène Torres e Mauri Furlan.

Downloads

Publicado

2019-05-28