Seis Sonetos Darwishianos

Safa Alferd Abou Chahla Jubran, Marco Antonio Calil Machado

Resumo


Este escrito terá por objetivo, pela apresentação da tradução a seis sonetos escritos por Mahmoud Darwish constantes no livro A Cama da Forasteira do ano de 1998, refletir acerca da questão do(s) soneto(s) darwishiano(s) contra o gesto, ou função-soneto. Quanto à linguagem, em apresentando os poemas árabes vis-à-vis de suas contrapartes portuguesas,
os sonetos serão comentados no que, em árabe, exibem de efeitos e efetividades linguístico-poéticas e como tais esquemas sonoros, semânticos, formais e discursivos possam ou não ser tra(du)zidos à língua portuguesa, levando em conta as implicações linguísticas, logo poéticas, da questão do gênero e número morfológicos, as figuras de duplos e o tema do Dois, tópico e típico do soneto qua gênero (textual).


Palavras-chave


Soneto; Poesia; Literatura; Mahmoud Darwish; Tradução

Texto completo:

PDF/A

Referências


DARWISH, Mahmoud. Lā tactaḏir camma facalta. Jordânia: Dar Al Nashir & Al-Ahliyya, 2013.

DARWISH, Mahmoud. Sarīr alġarībah. Jordânia: Dar Al Nashir & Al-Ahliyya, 2014.

LORCA, Federico García. Obra Poética Completa. São Paulo: Editora UnB,

Imprensa Oficial, 2004.

ORGEL, Stephen. Introduction. In: Shakespeare, William. Evans, G. Blakemore, editor. The Sonnets. Cambridge: Cambridge University Press, 2012.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2019v39nespp259



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.