PÍNDARO. As odes olímpicas de Píndaro. Introdução, tradução e notas de Glória Braga Onelley e Shirley Peçanha. 1.ed. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2016. PÍNDARO. Píndaro: epinícios e fragmentos. Tradução, introdução e notas Roosevelt Araújo Rocha. Curitiba: Kotter, 2018.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2020v40n1p278

Palavras-chave:

Píndaro, Tradução poética, Poesia Grega Antiga

Resumo

PÍNDARO. As odes olímpicas de Píndaro. Introdução, tradução e notas de Glória Braga Onelley e Shirley Peçanha. 1.ed. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2016.

PÍNDARO. Píndaro: epinícios e fragmentos. Tradução, introdução e notas Roosevelt Araújo Rocha. Curitiba: Kotter, 2018.

Biografia do Autor

Rafael Guimarães Tavares da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais

Estudante de Língua e Literatura Clássicas (Grego Antigo), mestrando no POS-LIT da UFMG, com interesses que vão da Filosofia e da História (Antigas e Contemporâneas) à Teoria da Literatura, além de teoria e prática da Tradução. Trabalha diversos temas relacionados à literatura e ao teatro, em abordagens marcadas principalmente pelo viés da desconstrução e do pós-estruturalismo. Elaborou uma monografia sobre Uma poética de Platão e desenvolve uma dissertação chamada Arqueologias do drama: uma arqueologia dramática. Atualmente participa da organização do Seminário de Estudos Clássicos e Medievais, ligado ao NEAM, e leciona, desde 2016, a disciplina de Literatura Comparada (e anteriormente também a de Linguística Comparada) no Apoio Pedagógico da FALE-UFMG.

Referências

Campos, Haroldo de. Ilíada de Homero. Trad. Haroldo de Campos. Org. Trajano Vieira. 4.ed. São Paulo: Arx, 2003.

Duchemin, Jacqueline. “Platon et l’héritage de la poésie”. Revue des Études Grecques, [s.l], LXVIII (319-323), (1955), p. 12-37.

Manuzio, Aldo. Aldo Manuzio editore. Introd. Carlo Dionisotti. Trad. Giovanni Orlandi. Milano: Il Polifilo, 1975.

Píndaro. As odes olímpicas de Píndaro. Introdução, tradução e notas de Glória Braga Onelley e Shirley Peçanha. 1.ed. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2016.

Píndaro. Píndaro: epinícios e fragmentos. Tradução, introdução e notas Roosevelt Araújo Rocha. Curitiba: Kotter, 2018.

Rocha, Roosevelt. “Introdução”. In: Píndaro. Píndaro: epinícios e fragmentos. Tradução, introdução e notas Roosevelt Araújo Rocha. Curitiba: Kotter, 2018, p. 9-54.

Schlegel, A. W. Doutrina da Arte: Cursos sobre Literatura Bela e Arte. Introd., trad. e notas, Marco Aurélio Werle. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2014.

Ygaunin, Jean. Pindare et les poètes de la célébration. T. 4 ; T. 6. Paris: Minard, 1997-1998.

Downloads

Publicado

2020-01-22

Edição

Seção

Resenhas de Tradução