O processo de adaptação estratégica em uma instituição de ensino superior sob a ótica da teoria institucional

Graziela Dias Alperstedt, Graciella Martignago, Gabriela Gonçalves Silveira Fiates

Resumo


Este artigo é resultante de uma pesquisa a qual teve como objetivo analisar o processo de adaptação estratégica de uma organização universitária a partir da Teoria Institucional. Trata-se de um estudo de caso longitudinal qualitativo. Os dados foram obtidos a partir de fontes primárias e secundárias. A análise dos dados foi realizada de forma descritivo-interpretativa permitindo a identificação de 14 eventos críticos durante a vida da organização, os quais foram agrupados em 6 períodos estratégicos. De forma geral a adaptação da organização apresentou variações de um período estratégico para outro. Destaca-se, nesse processo, a importância das lideranças organizacionais e de seus “mitos racionalizados”. Nas diversas fases da vida da organização, a relevância dos stakeholders variou, assim como o estilo de gestão e o comportamento estratégico da organização. O caso apresenta fortes correlações com a Teoria Institucional.

Palavras-chave


Organização universitária; Teoria institucional; Adaptação estratégica; University organization; Institutional theory; Strategic adaptation

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.