Planejamento Estratégico Pessoal: a caminho de um referencial

Autores

  • Marilei Osinski Universidade Federal de Santa Catarina
  • Maurício Fernandes Pereira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Dyogo Felype Neis Universidade Federal de Santa Catarina
  • Siqueira de Moraes Neto Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p121

Palavras-chave:

Riqueza, Planejamento Estratégico Pessoal, Planejamento Estratégico.

Resumo

Este artigo visou identificar o perfil das pessoas que utilizam o Planejamento Estratégico Pessoal e, a partir disto, avaliar os elementos teóricos e empíricos necessários para a formulação de um referencial metodológico de Planejamento Estratégico Pessoal. Ampliando a concepção de Planejamento Estratégico no âmbito organizacional para a vida pessoal, a pesquisa desenvolve-se com base na literatura de Planejamento Estratégico Pessoal. A coleta dos dados primários foi realizada através da aplicação de um questionário com 35 questões, disponibilizado por mais de 60 dias em dois sites institucionais da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Ao todo, 345 pessoas responderam ao questionário. Dentre os resultados da pesquisa destacam-se que o sentido de “riqueza” extrapola os temas relacionados ao dinheiro, as pessoas entre a faixa etária de 26 a 30 anos são os que mais planejam e que 75% dos entrevistados utilizam alguma forma de planejamento pessoal.

Biografia do Autor

Marilei Osinski, Universidade Federal de Santa Catarina

É graduanda em Ciências da Administração na Universidade Federal de Santa Catarina. Foi bolsista de Iniciação Científica do CNPq/PIBIC no NIEPC (Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Gestão da Produção e Custos) de 2010 a 2011. Foi integrante do NIEPGE (Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Planejamento e Gestão Estratégicos) e do Grupo de Pesquisa em Liderança e Gestão Estratégica de 2011 a 2013 e bolsista de Iniciação Científica do CNPq/PIBIC simultaneamente. Atualmente é bolsista de Iniciação Científica do CNPq/PIBIC no Núcleo de Gestão para a Sustentabilidade (NGS).

Maurício Fernandes Pereira, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui Graduação em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1995), Mestrado (1996) e Doutorado (2002) em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-Doutorado em Administração pela USP / FEA (2009) e Pós-Doutorado em Sociologia Econômica e das Organizações pela Universidade Técnica de Lisboa (2010). É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - PQ 2, Nível 2. É Professor Associado do Departamento de Ciências da Administração da UFSC

Dyogo Felype Neis, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduado em Administração (2009) e Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com previsão de conclusão em 2013 . Atua como pesquisador do Núcleo Interdisciplinar de Estudo em Planejamento e Gestão Estratégica (NIEPGE) e realiza pesquisas relacionadas à Planejamento Estratégico e Estrutura Organizacional.

Siqueira de Moraes Neto, Universidade Federal de Santa Catarina

Bacharel e mestre em Ciências da Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Durante a graduação foi membro de organizações universitárias como o Centro Acadêmico de Administração e a Empresa Júnior Ação Júnior, além de fazer intercâmbio durante dois anos na Alemanha, primeiro na Technische Universität München, e depois, após ter sido contemplado com uma bolsa de estudos pelo Herbert Quandt Stifitung, na Technische Universität Dresden. Em Florianópolis, trabalhou em organizações como a RIC Record SC e a FEESC - Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina. Em 2011, participou do processo de afiliação do grupo de pesquisas em Liderança e Gestão Estratégica da UFSC com a rede de pesquisas liderada pelo Prof. Michael Porter, a Microeconomics of Competitiveness (MOC) - Institute for Strategy and Competitiveness. Atualmente, é doutorando (na UFSC) e atua principalmente nos temas: alta administração, criação de valor compartilhado, liderança e estratégia.

Downloads

Publicado

2013-12-10

Edição

Seção

Artigos