Influência de Fatores Contingenciais nos Atributos do Sistema de Contabilidade Gerencial: um estudo em empresas têxteis do Estado do Rio Grande do Sul

Autores

  • Ilse Maria Beuren Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Marlene Fiorentin Universidade Regional de Blumenau – FURB

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2014v16n38p195

Palavras-chave:

Teoria da Contingência, Sistema de Contabilidade Gerencial, Empresas Têxteis

Resumo

O estudo objetiva verificar se os fatores contingenciais (ambiente, tecnologia, estratégia, estrutura e porte organizacional) influenciam nos atributos do Sistema de Contabilidade Gerencial em empresas têxteis do Rio Grande do Sul. Um questionário foi enviado aos proprietários das 38 empresas têxteis cadastradas no Sindicato do Comércio das cidades de Farroupilha e Sarandi, e foram obtidas 14 respostas. Aos dados foi aplicada a técnica da entropia para verificar a quantidade de informação das respostas. Os resultados indicaram que a variável ambiente se apresentou como a que mais influencia, com destaque para gostos e preferências do cliente do setor e tecnologia aplicada ao processo produtivo. Por outro lado, competição por compra de insumos/componentes e atitudes da concorrência foi considerada a variável que menos influencia nas empresas. Conclui-se que os fatores contingenciais: ambiente, tecnologia, estratégia, estrutura e porte organizacional, seja com maior ou menor peso da informação, influenciam os atributos do Sistema de Contabilidade Gerencial.

Biografia do Autor

Ilse Maria Beuren, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Doutora em Controladoria e Contabilidade pela FEA/USP

Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Paraná - UFPR

Marlene Fiorentin, Universidade Regional de Blumenau – FURB

Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Regional de Blumenau – FURB

Downloads

Publicado

2014-04-14

Edição

Seção

Artigos