A argumentação e a capacidade de resolver problemas em estudantes do ensino fundamental

Raquel Ruppenthal, Maria Rosa Chitolina Schetinger

Resumo


Este trabalho objetivou descrever como estudantes do 8° ano do Ensino Fundamental resolvem problemas, partindo da hipótese inicial que a capacidade argumentativa dos estudantes tem influência sobre a capacidade de resolução de problemas. Para a coleta de dados, utilizou-se um teste da capacidade de resolver problemas e uma entrevista. Na amostra pesquisada, a medida que os estudantes apresentam mais elementos que constituem um argumento em seus enunciados, ele consegue atingir melhores níveis no teste de resolução de problemas. Constataram-se dificuldades de leitura e síntese, o que pode levar a fragilidades no conhecimento e aplicação de diversas habilidades científicas. Apresenta-se como perspectivas a produção de atividades didáticas que fomentem o desenvolvimento das habilidades científicas e de leitura.

 


Palavras-chave


Ensino de ciências; Argumentação; Habilidades científicas; Problemas; Ensino fundamental

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2017v10n2p35

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.