Pesquisa no estágio supervisionado: alguns resultados e muitas possibilidades

Micaías Andrade Rodrigues, Agnaldo Arroio

Resumo


Esta pesquisa visou trazer à reflexão o estágio supervisionado de ensino vivenciado como pesquisa. Para isto, foi realizada uma análise documental com base em informações presentes em quarenta e oito relatórios de estágios de observação e nas anotações feitas durante os encontros para a discussão dos estágios nas escolas, investigando o ensino de física no ensino médio nas escolas públicas de Teresina-PI. Ao todo foram assistidas 1440 aulas de física em vinte e uma escolas diferentes e foram verificados itens como infraestrutura da escola; materiais, métodos e técnicas utilizados durante as aulas da componente curricular citada; o perfil do aluno que assiste esta aula; e o desenvolvimento profissional do estagiário. Como principais resultados percebemos que o estágio vivenciado como pesquisa proporcionou aos alunos o contato com a escola, fazendo-os investigar e refletir, tornando-os mais aptos para a docência, dando subsídios para planejar e ministrar aulas adequadas à realidade.

Palavras-chave


Ensino de física; Estágio supervisionado; Escola pública; Ensino médio

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2018v11n1p31

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.