Construção de significados na interlocução entre contextualização e atividades experimentais no ensino de química

Giseli Pereira dos Santos, Rose Mary Latini

Resumo


Neste estudo temos por objetivo analisar como vem sendo estabelecido o vínculo entre a contextualização e as atividades experimentais no ensino de Química na Educação Básica, visando contribuir para as práticas de ensino de Química. Tomamos como recorte artigos publicados na Revista Química Nova na Escola (QNESc), a partir de 2006, ano de publicação das Orientações Curriculares Nacionais do Ensino Médio. Para análise dos dados utilizamos a Análise Textual Discursiva (ATD) que apontou diferentes entendimentos da comunidade de ensino de Química sobre a articulação entre contextualização e experimentação.


Palavras-chave


Ensino de química; QNEsc; Conceito científico; Conceito espontâneo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n1p205

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.