Compreensão do Editor Científico sobre a Ciência Aberta: Estudo do programa editorial do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.78660

Palavras-chave:

Periódicos Científico, Ciência Aberta, Editores Científicos, Editoração Científica, Editoração de Periódico

Resumo

Objetivo: objetiva reconhecer a compreensão dos editores dos periódicos contemplados pelo edital 2019 do Programa Editorial do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) sobre as práticas de ciência aberta que podem ser aplicadas ao processo editorial de cada periódico.

Método: desenvolve uma pesquisa descritiva, de abordagem quantitativa e qualitativa desenvolvida em duas partes. A primeira parte descreve o perfil dos periódicos. A segunda parte aplica um questionário eletrônico para os editores das 51 revistas e obteve 23 respostas. Os dados são organizados, apresentados e analisados a partir de gráficos e tabelas com o software Excel e o questionário foi elaborado por meio da ferramenta Formulários do Google.

Resultado: as ações de acesso aberto, gestão de dados científicos abertos, uso de licenças Creative Commons, o uso de métricas alternativas e o aceite de preprints foram indicados pela maioria dos respondentes como importantes ou muito importantes. A revisão por pares aberta e a publicação de artigos de dados foram classificadas como nada importantes ou pouco importantes pela maioria dos editores.

Conclusões: os editores compreendem o conceito e conhecem a maioria das práticas de ciência aberta, especialmente aquelas relacionadas à editoração científica. Há significativo desconhecimento sobre a prática de gestão, compartilhamento e reuso de dados científicos abertos, seja relacionado ao direito de autor e à documentação dos dados utilizados nas pesquisas. Os editores demonstram resistência à revisão por pares aberta.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Referências

ALBAGLI, Sarita; CLINIO, Anne; RAYCHTOCK, Sabryna. Ciência Aberta: correntes interpretativas e tipos de ação. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, p. 434-450, nov. 2014. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/749. Acesso em: 16 jun. 2015.

AMARAL, Janaynne Carvalho do; PRÍNCIPE, Eloísa. A revisão por pares no contexto da ciência aberta: uma breve apresentação. In: SHINTAKU, Milton; SALES, Luana Farias (org.) Ciência aberta para editores científicos. Botucatu: ABEC, 2019. p. 59-66. Disponível em: https://www.abecbrasil.org.br/arquivos/Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf#capitulo08. Acesso em: 30 nov. 2020.

ARAÚJO, Paula Carina de; LOPES, Maura Miranda. Análise dos periódicos contemplados no edital de 2019 do Programa Editorial do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) no contexto da ciência aberta. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE BIBLIOMETRIA E CIENTOMETRIA, 7., 2020, Salvador. Anais eletrônico [...]. Salvador: UFBA, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32385. Acesso em: 30 jun. 2021.

BEALL, Jeffrey. Scholarly publishing free for all. College Quarterly, Toronto, v. 16, n. 2, 2013. Disponível em: https://tinyurl.com/uuw84hl. Acesso em: 27 fev. 2020.

BELLIS, Nicola de. Bibliometrics and citation analysis: from the Science Citation Index to cybermetrics. Lanham, Maryland: The Scarecrow Press, 2009.

BERLIM. Berlin declaration on open access to knowledge in the science and humanities. Open Access Max-PlanckGesellschaft, 2003. Disponível: https://openaccess.mpg.de/Berlin-Declaration. Acesso em: 30 jun. 2021.

BETHESDA. Bethesda statement on open access publishing. Meeting on open access publishing, 2003. Disponível em: http://legacy.earlham.edu/~peters/fos/bethesda.htm. Acesso em: 30 jun. 2021.

BRANCO, Sergio; BRITTO, Walter. O que é Creative Commons?: novos modelos de direito autoral em um mundo mais criativo. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Qualis periódicos e classificação de produção intelectual. Brasília: CAPES, 18 jul. 2019. Disponível em: https://tinyurl.com/wq4rttr. Acesso em: 10 fev. 2020.

BUDAPESTE. Budapeste open access initiative: read the Budapeste open access initiative. Hungria, 2002. Disponível em: http://www.budapestopenaccessinitiative.org/read. Acesso em: 17 jan. 2017.

CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO (CNPq). Chamada CNPq No 19/2019: Programa Editorial. Brasília, DF: CNPq, 2019.

CURTY, Renata. Abordagens de reuso e a questão da reusabilidade dos dados científicos. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 177-193, nov. 2019. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4777. Acesso em: 30 nov. 2020.

MACHIN-MASTROMATTEO, Juan D.; TENNANT, Jonathan. Open science, open access and Latin America: a short conversation with Jon Tennant. Digital Library Perspectives, v. 36, n. 2, p. 207-210, 1 jan. 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/342007389_Open_science_open_access_and_Latin_America_a_short_conversation_with_Jon_Tennant. Acesso em: 30 nov. 2020.

MONTEIRO, Gabriela; LUCAS, Elaine R. Oliveira. Dados científicos abertos: políticas de financiadores da pesquisa brasileira. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 20., 2019. Florianópolis. Anais eletrônicos [...]. Florianópolis: UFSC, 2020. Disponível em: https://conferencias.ufsc.br/index.php/enancib/2019/paper/view/881. Acesso em: 29 maio 2020.

MURIEL-TORRADO, Enrique; PINTO, Adilson Luiz. Licenças Creative Commons nos periódicos científicos brasileiros de Ciência da Informação: acesso aberto ou acesso grátis? Biblios: Journal of Librarianship and Information Science, n. 71, p. 1-16, jul. 2018.

PEREIRA, José Paulo Speck; RODRIGUES, Rosângela Schwarz; SANTOS, Solange Maria dos. Periódicos científicos com indexação descontinuada: a Coleção SciELO Brasil. Transinformação, Campinas, v. 32, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2318-0889202032e200011. Acesso em: 29 nov. 2020.

SANTOS, Paula Xavier; ALMEIDA, Bethânia de Araújo; HENNING, Patricia (ed.). Livro verde ciência aberta e dados abertos: mapeamento e análise de políticas, infraestruturas e estratégias em perspectiva nacional e internacional. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2017.

SANTOS, Solange Maria dos; CALÒ, Lilian N. Gestão editorial: tendências e desafios na transição para a ciência aberta. In: SILVEIRA, Lúcia; SILVA, Fabiano Couto Corrêa da (ed.). Gestão editorial de periódicos científicos: tendências e boas práticas. Florianópolis, SC: BU/Publicações UFSC: Edições do Bosque: UFSC, 2020. p. 17-55.

SALES, Luana Farias; SHINTAKU, Milton. A ciência aberta e a necessidade de novos modelos de publicação. In: SHINTAKU, Milton; SALES, Luana Farias (org.). Ciência aberta para editores científicos. Botucatu: ABEC, 2019. p. 11-14. Disponível em: http://dx.doi.org/10.21452/978-85-93910-02-9.cap1

SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ON-LINE. Critérios, políticas e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos na Coleção SciELO Brasil. [s. l.], maio 2020. Disponível em: https://wp.scielo.org/wp-content/uploads/20200500-Criterios-SciELO-Brasil.pdf. Acesso em: 30 jun. 2021.

SHINTAKU, Milton; SEABRA JUNIOR, Rui Ferreira. Abertura da ciência e os editores científicos. In: SHINTAKU, Milton; SALES, Luana Farias (org.). Ciência aberta para editores científicos. Botucatu: ABEC, 2019. p. 29-34. Disponível em: https://www.abecbrasil.org.br/arquivos/Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf#capitulo04. Acesso em: 30 nov. 2020.

SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. Gestão de dados científicos. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2019.

SILVEIRA, Lúcia da et al. Ciência aberta na perspectiva de especialistas brasileiros: proposta de taxonomia. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florinópolis, v. 26, p. 1-27, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/79646. Acesso em: 1 jul. 2021.

VOYS. Peer review: the nuts and bolts. The Boy Who Harnessed the Wind ed. London: [s. n.], 2012.

Publicado

2021-10-08

Como Citar

Araújo, P. C. de, & Lopes, M. P. M. . (2021). Compreensão do Editor Científico sobre a Ciência Aberta: Estudo do programa editorial do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 26(Especial), 1-22. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.78660