Peer Instruction e Vygotsky: uma aproximação a partir de uma disciplina de astronomia no ensino superior

Jamili de Paula, Newton Figueiredo, Denise Pereira de Alcantara Ferraz

Resumo


O presente artigo é decorrente de uma pesquisa de mestrado, cujo objetivo centrou-se em analisar as aproximações entre a teoria sociointeracionista de Vygotsky e a metodologia ativa Peer Instruction. Nesse sentido, por meio da aplicação da metodologia em uma disciplina de astronomia no Ensino Superior, o estudo em questão foi realizado. Por sua extensão e complexidade, aqui é apresentado um recorte voltado para a aproximação entre prática e teoria, focando nos pontos convergentes encontrados na aplicação da proposta. É apresentada, também, uma análise da avaliação feita pelos alunos sobre o uso da metodologia na disciplina, em que as aproximações entre os pressupostos das metodologias e os principais conceitos da teoria de Vygotsky foram feitas. Denota-se que, ainda que na gênese do Peer Instruction não se encontrem tais embasamentos teóricos, a eficácia da metodologia pode ser respaldada pela teoria de aprendizagem desenvolvida por Vygotsky.


Palavras-chave


Metodologias Ativas; Peer Instruction; Teoria Sociointeracionista de Vygotsky; Ensino de Astronomia

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARAUJO; I. S.; MAZUR, E. Instrução pelos Colegas e Ensino sob Medida: uma proposta para o engajamento dos alunos no processo de Ensino-Aprendizagem de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 30, n. 2, p. 362-384, 2013.

BAUMAN, Z. Os desafios da educação: aprender a caminhar sobre as areias movediças. Cadernos de Pesquisa, v. 39, n. 137, p. 661-684, 2009.

BERBEL, N. A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-30, 2011.

CROUCH, C. H.; MAZUR, E. Peer Instruction: Ten years of experience and results. American Journal of Physics, v. 69, n. 9, p. 970-977, 2001.

DARSIE, M. M. P. Perspectivas Epistemológicas e suas Implicações no Processo de Ensino e Aprendizagem. Uniciências, v. 3, n. 1, p. 9-21, 1999.

DIESEL, A.; BALDEZ, A. L. S.; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Thema, v. 14, n. 1, p. 268-288, 2017.

GASPAR, A. Cinquenta anos de ensino de física: muitos equívocos, alguns acertos e a necessidade de recolocar o professor no centro do processo educacional. Educação: Revista de Estudos da Educação, v. 13, n. 21, p. 71-91, 2004.

GAUTHIER, C. Da pedagogia tradicional à pedagogia nova. In: GAUTHIER, C.; TARDIF, M. A Pedagogia: Teorias e práticas da Antiguidade aos nossos dias. Petrópolis: Vozes, 2010. Cap 6, p. 153-175.

GREEN, P. J. Peer Instruction for Astronomy. Upper Saddle River: Pearson, 2003. 178 p.

JAMES, M. C. The effect of grading incentive on student discourse in Peer Instruction. American Journal of Physics, v. 74, n. 8, p.689-691, 2006.

LANGHI. R.; NARDI, R. Justificativas para o ensino de Astronomia: o que dizem os pesquisadores brasileiros? Revista Brasileira de Pesquisa em Educação, v. 15, n. 4, p. 41-59, 2014.

LANGHI, R.; OLIVEIRA, F. A.; VILAÇA, J. Formação reflexiva de professores em Astronomia: indicadores que contribuem no processo. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 35, n. 2, p. 461-477, 2018.

LENAERTS, J.; WIEME, W.; VAN ZELE, E. Peer Instruction: a case study for an introductory magnetism course. European Journal of Physics, v. 24, n. 1, p. 7-14, 2002.

MAZUR, E. Peer Instruction: A Revolução da Aprendizagem Ativa. Porto Alegre: Penso, 2015. 252 p.

MAZUR, E. WATKINS, J. Just-in-Time Teaching and Peer Instruction. In: SMIKINS, S. MAIER, M. (Eds.). Just-in-Time Teaching: Across the Disciplines, and Across the Academy. Stylus Publishing. p. 39-62. 2009.

MÜLLER, M. G. Metodologias Interativas de Ensino na Formação de Professores de Física: Um Estudo de Caso com o Peer Instruction. 2013. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

MÜLLER, M. G.; ARAUJO, I. S.; VEIT, E. A.; SCHELL, J. Uma revisão da literatura acerca da implementação da metodologia interativa de ensino Peer Instruction (1991 a 2015). Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 39, n. 3, e3403, 2017.

NEVES, R. A.; DAMIANI, M. F. Vygotsky e as teorias da aprendizagem. UNIrevista, v. 1, n. 2, p. 1-10, 2006.

OLIVEIRA, M. K. Vygotsky: aprendizado e desenvolvimento  um processo sócio-histórico. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2010. 112 p.

REGO, T. C. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da educação. Petrópolis: Vozes, 2013. 139 p.

SCARINCI, A. L.; PACCA, J. L. A. Um curso de astronomia e as pré-concepções dos alunos. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 28, n. 1, p. 89-99, 2006.

SMITH, M. K.; WOOD, W.B.; ADAMS, W.K.; WIEMAN C.; KNIGHT, J.K.; GUILD, N.; SU, T.T. Why Peer Discussion Improves Student Performance on In-Class Concept Questions. Science, v. 323, n. 5910, p. 122-124, 2009.

SMITH, M. K.; WOOD, W.B.; KRAUTER, K.; KNIGHT, J.K. Combining Peer Discussions with Instructor Explanation Increases Student Learning from In-Class Concept Questions. CBE – Life Sciences Education, v. 10, n. 1, p. 55-63, 2011.

SOBREIRA, P. H. A. Astronomia no Ensino de Geografia – análise crítica nos livros didáticos de Geografia. 2002. 276 p. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo.

SOLER, D. R.; LEITE, C. Importância e justificativas para o ensino de Astronomia: Um olhar para as pesquisas da área. In: Simpósio Nacional de Educação em Astronomia, 2, 2012, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 13 mai 2019.

VICKREY, T.; ROSPLOCH, K.; RAHMANIAN, R.; PILARZ, M.; STAINS, M. Research-Based Implementation of Peer Instruction: A Literature Review. CBE – Life Sciences Education, v. 14, n. 1, p. 1-11, 2015.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1984. 181 p.

VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 12. ed. São Paulo: Ícone Editora, 2012. 227 p.

VYGOTSKY, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2009. 496 p.

WESTBROOK, R. B. Da pedagogia tradicional à pedagogia nova. In: GAUTHIER, C.; TARDIF, M. A Pedagogia: Teorias e práticas da Antiguidade aos nossos dias. Petrópolis: Vozes, 2010, Cap. 6, p. 184-192.

WOOD, W. B. Innovations in Teaching Undergraduate Biology and Why We Need Them. Annual Review of Cell and Developmental Biology, v. 25, p. 93-112, 2009.

ZINGARO, D.; PORTER, L. Peer Instruction in computing: The value of instructor intervention. Computers & Education, v. 71, p. 87-96, 2014.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p127

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >