Temas de Natureza da Ciência a partir de episódios históricos: os debates sobre a natureza da luz na primeira metade do século XIX

Rilavia Almeida de Oliveira, André Ferrer Pinto Martins, Ana Paula Bispo da Silva

Resumo


Este trabalho insere-se no contexto das discussões acerca da inserção da chamada “Natureza da Ciência” (NDC) no ensino de ciências por meio do uso da História e da Filosofia da Ciência (HFC). A partir da análise de aspectos dos debates sobre a natureza da luz no início do século XIX, propomos a discussão de diversos temas da NDC, com ênfase nos diferentes fatores envolvidos no processo de avaliação entre teorias concorrentes. Em particular, trazemos as contribuições de Thomas Young e Augustin Fresnel no âmbito da disputa entre a teoria ondulatória e corpuscular da luz, destacando, ainda, aspectos dos contextos francês e britânico desse período. Surgem, da apresentação desse episódio histórico, certos temas concernentes ao saber sobre ciência, tanto relacionados mais diretamente a questões históricas e sociológicas quanto relativos a questões epistemológicas, e que podem ser problematizados e explorados no ensino de física.


Palavras-chave


História e Filosofia da Ciência; Natureza da Ciência; Natureza da Luz

Texto completo:

PDF/A

Referências


BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Parte III – ciências da natureza, matemática e suas tecnologias. Brasília, DF: MEC/SEF, 1999.

BRASIL. Diretrizes Nacionais Curriculares para os Cursos de Física. Brasília, DF: MEC/SEF, 2001.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular - Ensino Médio – BNCC. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2018.

CANTOR, G. N. Optics after Newton – theories of light in Britain and Ireland, 1704-1840. Manchester: Manchester University Press, 1983. 257 p.

CHEN, X. Theories, Experiments, and Human Agents: The Controversy between Emissionists and Undulacionists in Britain, 1827-1859. 1992. 373 f. Dissertação (Doctor of Philosophy in Science and Technology Studies) - Virginia Polytechnic Institute and State University Blacksburg, Virginia.

DARRIGOL, O. The history of optics: from Greek antiquity to the nineteenth century. Oxford: University Press, 2012. 344 p.

FORATO, T. C. M. A natureza da ciência como saber escolar: um estudo de caso a partir da história da luz. 2009. 220 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

FORATO, T. C. M.; MARTINS, R. A.; PIETROCOLA, M. History and Nature of Science in High School: Building up Parameters to Guide Educational Materials and Strategies. Science & Education, v. 21, n. 5, p. 657-682, 2012.

FOX, R. The rise and fall of Laplacian physics. Historical Studies in the Physical Sciences, v. 4, p. 89-136, 1974.

FRANKEL, E. Corpuscular Optics and the Wave Theory of Light: The Science and Politics of a Revolution in Physics. Social Studies of Science, v. 6, p. 141-184, 1976.

FRANKEL, E. Biot and the Mathematization of Experimental Physics in Napoleonic France. Historical Studies in the Physical Sciences, v. 8, p. 33-72, 1977.

FRESNEL, A. Memoir on the diffraction of Light (1819). Tradução: Henry Crew. In: CREW, H. The Wave Theory of Light: Memoirs by Huygens, Young e Fresnel. Woodstock: American Book Company, 1900. p. 81-144.

GILLISPIE, C. C. Pierre-Simon Laplace. In: GILLISPIE, C. C. Dicionário de biografias científicas. Tradução: Carlos Almeida Pereira et al. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007, p. 1431-1557. v. 2.

IRZIK, G.; NOLA, R. New Directions for Nature of Science Research. In: MATTHEWS, M. R (Ed.). International Handbook of Research in History, Philosophy and Science Teaching. New York: Springer, 2014. p. 999-1022.

JAMES, F. A. J. L. The Physical Interpretation of the Wave Theory of Light. The British Journal for the History of Science, v. 17, n. 1, p. 47-60, 1984.

JUNGES, A. L.; MASSONI, N. T. O Consenso Científico sobre Aquecimento Global Antropogênico: Considerações Históricas e Epistemológicas e Reflexões para o Ensino dessa Temática. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 18, n. 2, p. 455-491, 2018.

KOEHLER, C. B. G.; CAMEL, T. O.; PIMENTEL JR, R. A. Éter e Estrutura da Matéria no Século XIX. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA, 2012. Atas…

LEVITT, T. Editing out Caloric: Fresnel, Arago and the Meaning of Light. The British Journal for the History of Science, v. 33, n. 1, p. 49-65, 2000.

MARTINS, A. F. P. Natureza da ciência no ensino de ciências: uma proposta baseada em “temas” e “questões”. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 32, n. 3, p. 703-737, 2015.

MATTHEWS, M. R. Science teaching - The role of History and Philosophy of Science. New York: Routledge, 1994.

MATTHEWS, M. R. Changing the Focus: From Nature of Science (NOS) to Features of Science (FOS). In: KHINE, M. S. (Ed.). Advances in Nature of Science Research: Concepts and Methodologies. New York: Springer, 2012. p. 3-27.

MORSE, E. W. Thomas Young. In: GILLISPIE, C. C. Dicionário de biografia científicas. Tradução: Carlos Almeida Pereira et al. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007, p. 2663-2672. v. 3.

MOURA, B. A.; BOSS, S. L. B. Thomas Young e o resgate da teoria ondulatória da luz: Uma tradução comentada de sua Teoria Sobre Luz e Cores. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 37, n. 4, nº 4203, 2015.

MOURA, B. A. A Aceitação da Óptica Newtoniana no Século XVIII: Subsídios para discutir Natureza da Ciência no Ensino. 2008. 214 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de ciências) - Instituto de Física, Universidade de São Paulo, São Paulo.

MOURA, B. A. O que é natureza da ciência e qual sua relação com a História e Filosofia da ciência? Revista Brasileira de História da Ciência, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 32-46, 2014.

OLIVEIRA, R. A. Natureza da Ciência por meio de narrativas históricas: os debates sobre a natureza da luz na primeira metade do século XIX. 2019. 232 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.

RUDGE, D. W.; HOWE, E. M. An explicit and reflective approach to the use of History to promote understanding of the nature of Science. Science & Education, v. 18, n. 5, p. 561-580, 2009.

SILLIMAN, R. H. Fresnel and the Emergence of Physics as a Discipline. Historical Studies in the Physical Sciences, v. 4, p. 137-162, 1974.

SILLIMAN, R. H. Augustin Fresnel. In: GILLISPIE, C. C. Dicionário de biografias científicas. Tradução: Carlos Almeida Pereira et al. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007. p. 860-866. v. 1.

SILVA, B. V. C. Controvérsias sobre a natureza da luz: uma aplicação didática. 2010. 180 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) – Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.

VIEIRA, P. C. Perspectivas sobre a evolução histórica do conceito de luz e sua integração com a fotografia para o ensino da óptica. 2014. 228 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Física) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

YOUNG, T. Outlines of experiments and inquiries respecting sound and light. Philosophical Transactions, v, 90, p. 106-150, 1800.

YOUNG, T. The Bakerian Lecture: On the Theory of Light and Colours. Philosophical Transactions, v. 92, p. 12-48, 1802a.

YOUNG, T. An Account of Some Cases of the Production of Colours, not Hitherto Described. Philosophical Transactions, v. 92, p. 387-397, 1802b.

YOUNG, T. The Bakerian Lecture: Experiments and Calculations Relative to Physical Optics. Philosophical Transactions, v. 94, p. 1-16, 1804.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p197

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >