CORPO NOSSO DE CADA DIA: POR ONDE ELE ANDA, PARA ONDE ELE VAI?

Alex Branco Fraga

Resumo


Nesse texto procuro abordar o corpo nosso de cada dia, e suas perspectivas futuras, como uma produção cultural com roteiros históricos distintos; um resultado provisório de diversos discursos e produto de uma sofisticada tecnologia corporal. Procuro, também, questionar como a educação física, sustentada em uma visão utilitária e essencialista, vem ajudando a constituir nossas anatomias e nossas subjetividades em um tempo de tantas transformações culturais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA