Estigma em mulheres participantes de um grupo de práticas corporais/atividade física de um bairro pobre

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2022.e83541

Resumo

Objetivou-se analisar a percepção quanto ao estigma sofrido por mulheres de um bairro do Programa Minha Casa Minha Vida, destinado a pessoas de baixa renda, participantes de um grupo de Práticas Corporais/Atividade Física (PCAF) oferecido por uma Unidade Básica de Saúde de Londrina-PR, bem como a importância percebida em relação à participação neste grupo. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, com 25 mulheres. Foram definidas duas categorias de análise: “estigma e discriminação” e “mudanças percebidas na vida após participação no grupo”. As participantes relataram experiências em que sofreram estigmas e que a participação no grupo foi benéfica, tanto em relação à aspectos físicos, quanto em relação ao desenvolvimento do sentimento de pertencimento ao bairro. Conclui-se que o grupo de PCAF foi importante para o enfrentamento do sofrimento relacionado às experiências de estigma, problema este que precisa ser enfrentado de maneira ampla e articulada.

Biografia do Autor

Kelly Gonçalves Caldas Moreno Alda, Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Universidade Estadual de Londrina

Especialista em Saúde da Família - UEL. 

Residência Multiprofisisonal em Saúde da Família - UEL.

Douglas Fernando Dias, Programa de Pós Graduação em Enfermagem, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Saúde Coletiva - UEL.

Programa de Pós Graduação em Enfermagem - UEL.

Mathias Roberto Loch, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Saúde Coletiva - UEL

Departamento de Educação Física - UEL

Referências

AMARAL, Lucas Vieira. Tipos de pesquisa em Educação Física. EFDeportes, Buenos Aires, v. 17, n. 167, abr. 2012. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd167/tipos-de-pesquisa-em-educacao-fisica.htm. Acesso em: 16 ago. 2021.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo, Lisboa: Edições 70, 2011.

BARROS, Fernando Passos Cupertino; SOUSA, Maria Fátima. Equidade: seus conceitos, significações e implicações para o SUS. Saúde e Sociedade, [S.L.], v. 25, n. 1, p. 9-18, mar. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0104-12902016146195. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sausoc/a/Kdc66VGb5mXkMnHTHYkzVPv/?lang=pt. Acesso em: 16 ago. 2021.

BASTOS, João Luiz; FAERSTEIN, Eduardo. Discriminação e Saúde: perspectivas e métodos, Rio de Janeiro: Fiocruz, 2012.

BONI, Valdete; QUARESMA, Sílvia Jurema. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em Ciências Sociais. Revista Eletrônica dos Pós-graduandos em Sociologia Política da UFSC, [S.L.], v. 2, n. 1, p. 68-80, jan. 2005. https://doi.org/10.5007/%25x. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/emtese/article/view/18027. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Diretrizes do NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família. Cadernos de Atenção Básica, n. 27. Brasília, DF. Ministério da Saúde, 2009b. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_atencao_basica_diretrizes_nasf.pdf. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Emenda constitucional nº 26, de 14 de fevereiro de 2000. Altera a redação do art. 6º da Constituição Federal. Brasília, DF, Senado Federal. 2000. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/Emendas/Emc/emc26.htm#1. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Lei no 12.864, de 24 de setembro de 2013. Altera o caput do art. 3º da Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, incluindo a atividade física como fator determinante e condicionante da saúde, 2013b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12864.htm. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Lei nº11.977 de 7 de julho de 2009. Dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV e a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas. Brasília, DF, 2009a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l11977.htm. Acesso em: 16 ago. 2021.

BRASIL. Por uma cultura de direitos humanos - Direito à moradia adequada. Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Brasília, DF, 2013a. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000225430. Acesso em: 16 ago. 2021.

FRASER, Márcia Tourinho Dantas; GONDIM, Sônia Maria Guedes. Da fala do outro ao texto negociado: discussões sobre a entrevista na pesquisa qualitativa. Paidéia, Ribeirão Preto, v. 14, n. 28, p. 139-152, ago. 2004. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0103-863x2004000200004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/paideia/a/MmkPXF5fCnqVP9MX75q6Rrd/abstract/?lang=pt. Acesso em: 16 ago. 2021.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Déficit habitacional no Brasil 2015. Belo Horizonte: Diretoria de Estatística e Informações, 2018. 78 p. Disponível em: http://fjp.mg.gov.br/index.php/docman/direi-2018/871-6-serie-estatistica-e-informacoes-deficit-habitacional-no-brasil-2015291118/file. Acesso em: 16 ago. 2021.

GAMBOA, Silvio Sánchez. Pesquisa em Educação Física: as inter-relações necessárias. Motrivivência, Florianópolis, n. 5, p. 34-46, 1994. https://doi.org/10.5007/%25x. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/14499. Acesso em: 16 ago. 2021.

GODIM, Grácia et al. O território da Saúde: A organização do sistema de saúde e a territorialização. In: MIRANDA, Ary Carvalho et al (org.). Território, Ambiente e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2008. p. 237-255.

GOFFMAN, Erving. Estigma-notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora LTC, 1981.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Disponível em: https://censo2010.ibge.gov.br/. Acesso em: 16 ago. 2021.

LANNES-FERNANDES, Fernando. Os jovens da favela. Reflexões sobre controle e contenção sócio-espacial dos párias urbanos no Rio de Janeiro. Convergencia, [S.L.], v. 19, n. 59, p. 159-186, mai-ago. 2012. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1405-14352012000200007. Acesso em: 16 ago. 2021.

LEE, I-Min et al. Effect of physical inactivity on major non-communicable diseases worldwide: an analysis of burden of disease and life expectancy. The Lancet, [S.L.], v. 380, n. 9838, p. 219-229, jul. 2012. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/s0140-6736(12)61031-9. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(12)61031-9/fulltext/. Acesso em: 16 ago. 2021.

LOCH, Mathias Roberto et al. As práticas corporais/atividade física nos 30 anos do Sistema Único de Saúde. Ciência & Saúde Coletiva, [S.L.], v. 23, n. 10, p. 3469-3469, out. 2018. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320182310.19102018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/S6pNPr3775R8cKTKp5JdGpK/?lang=pt. Acesso em: 16 ago. 2021.

LOCH, Mathias Roberto; DIAS, Douglas Fernando; RECH, Cassiano Ricardo. Apontamentos para a atuação do profissional de Educação Física na Atenção Básica à Saúde: um ensaio. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, 2019, v. 24, p. 1–5, 2019. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/13577. Acesso em: 25 ago. 2021.

LONDRINA. Perfil do Município de Londrina 2018. Londrina: Prefeitura do Município de Londrina Secretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, 2018. Disponível em: http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=543:londrina-em-dados-2018-ano-base-2017&catid=21:planejamento-&Itemid=558. Acesso em: 16 ago. 2021.

MIRANDA, Ary Carvalho et al (org.). Território, Ambiente e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2008.

MONTEIRO, Simone; VILLELA, Wilza. Estigma e Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2013.

OLIVEIRA, Viviane Fernanda. Os sentidos da casa própria: condomínios horizontais populares fechados e novas práticas espaciais em Presidente Prudente e São Carlos. São Paulo: Editora UNESP, 2015. Disponível em: http://books.scielo.org/id/6sfk9/pdf/oliveira-9788579837098.pdf. Acesso em: 16 ago. 2021.

OXFAM BRASIL. Nós e as desigualdades: percepções sobre desigualdades no brasil. OXFAM Brasil, 2021. 43 p.

PROTASIO, João Verani. (Qual) bandido bom é bandido morto? Reflexões sobre mídia e violência a partir de um programa policialesco. 2018. 45 f. Monografia (Especialização) - Curso de Ciências Sociais, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/handle/1/10508. Acesso em: 16 ago. 2021.

RIZZOTTI, Maria Luiza Amaral; CORDEIRO, Sandra Maria Almeida; PASTOR, Márcia. Gestão de políticas sociais: território usado, intersetorialidade e participação. Londrina: Editora Eduel, 2017. 208 p.

ROLNIK, Raquel et al. O Programa Minha Casa Minha Vida nas regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas: aspectos socioespaciais e segregação. Cadernos Metrópole, [S.L.], v. 17, n. 33, p. 127-154, maio 2015. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/2236-9996.2015-3306. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cm/a/q47HCnW58YPJHzyvhZSWPwB/abstract/?lang=pt. Acesso em: 16 ago. 2021.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. São Paulo: Editora Record, 2000. 176 p.

SOUSA, Mauro Wilton de. O pertencimento ao comum mediático: a identidade em tempos de transição. Significação: Revista de Cultura Audiovisual, [S.L.], v. 37, n. 34, p. 31-52, 22 dez. 2010. Universidade de São Paulo, Agencia USP de Gestão da Informação Acadêmica (AGUIA). http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2010.68112. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/significacao/article/view/68112. Acesso em: 16 ago. 2021.

TAKEITI, Beatriz Akemi; VICENTIN, Maria Cristina Gonçalves. Periferias (in)visíveis: o território-vivo da brasilândia na perspectiva de jovens moradores. Distúrbios da Comunicação, [S.L.], v. 29, n. 1, p. 144, 27 mar. 2017. Portal de Revistas PUC SP. http://dx.doi.org/10.23925/2176-2724.2017v29i1p144-157. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/dic/article/view/29591/22347. Acesso em: 16 ago. 2021.

TREUKE, Stephan. Integração econômica vs. evitamento social: analisando relações de bairro entre a favela de Calabar e os condomínios de elite circundantes. Revista Brasileira Estudos Urbanos Regionais, [S.L.], v. 21, n. 1, p. 117-136, 24 jan. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbeur/a/nbR3mrc9c6vfJYngH55wqyc/?lang=pt. Acesso em: 16 ago. 2021.

ZANON, Elisa Roberta; CORDEIRO, Sandra Maria Almeida; ARAUJO JUNIOR, Miguel Etinger. Avaliação das políticas habitacionais na Região Metropolitana de Londrina-PR. Serviço Social em Revista, [S.L.], v. 18, n. 1, p. 194-26, dez. 2015. Universidade Estadual de Londrina. http://dx.doi.org/10.5433/1679-4842.2015v18n1p194. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ssrevista/article/view/23909/17730. Acesso em: 16 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2022-03-11

Edição

Seção

Artigos Originais