As câmaras municipais e os trabalhadores no Brasil Império

Autores

  • Juliana Teixeira de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2013v5n9p11

Resumo

Considerando o interesse crescente da História Social do Trabalho pelos homens e mulheres do século XIX, a proposta deste artigo é mostrar como a documentação produzida pela administração municipal pode trazer novos elementos para as reflexões sobre as experiências de resistência e luta dos trabalhadores urbanos no Oitocentos. Num segundo momento, analisando a implantação do Código de Posturas e Editais da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, propomos discutir como as atribuições do governo municipal no que diz respeito à polícia e à economia local repercutem na regulamentação das relações e formas de trabalho no espaço urbano, com ações voltadas, sobretudo, para as atividades em que pre- domina a presença dos trabalhadores africanos e seus descendentes.

Downloads

Publicado

2013-09-02

Como Citar

TEIXEIRA DE SOUZA, Juliana. As câmaras municipais e os trabalhadores no Brasil Império. Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 11–30, 2013. DOI: 10.5007/1984-9222.2013v5n9p11. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2013v5n9p11. Acesso em: 16 jul. 2024.