Uma cidade dos trabalhadores, mas não para os trabalhadores: o processo de urbanização da cidade de Macapá

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2020.e70891

Palavras-chave:

Trabalhadores, Urbanização, Macapá

Resumo

Resenha de livro: LOBATO, Sidney da Silva. A cidade dos trabalhadores: insegurança estrutural e táticas de sobrevivência em Macapá (1944-1964). Belém: Paka-Tatu, 2019. 377 p.

Biografia do Autor

Marlos Vinícius Gama de Matos, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

Membro do conselho consultivo da Associação Nacional de História - Seção Amapá (Anpuh-AP). Faz o mestrado em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Amapá (PPGH-Unifap) e graduou-se em História pela mesma instituição (2018). É pesquisador e membro do conselho consultivo do GT - Laboratório de Estudos da História Social do Trabalho na Amazônia - (Lehstam-Unifap) e pesquisador do GT - História, Antropologia e Ensino de História em Fronteiras. Concentra suas pesquisas na área da História Social do Trabalho com ênfase nos seguintes temas: Acidentes e Doenças do (e no) Trabalho, História da Saúde e das Doenças e História da Justiça do Trabalho.

Referências

LOBATO, Sidney da Silva. A cidade dos trabalhadores: insegurança estrutural e táticas de sobrevivência em Macapá (1944-1964). Belém: Paka-Tatu, 2019.

SOARES DA SILVA, Alci Jackson. A cultura negra no Amapá: história, tradição e políticas públicas. Macapá: Lê e arte, 2014.

Downloads

Publicado

2020-03-30

Edição

Seção

Resenhas