Georges Snyders: em busca da alegria na escola

Autores

  • Roberto Muniz Barretto de Carvalho Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Snyders, Georges, 1917, Educação progressista, Educação Tradicional, Georges Snyders, Progressive Pedagogy, Traditional Pedagogy Happiness, School

Resumo

Neste trabalho pretendemos relatar de forma sintética as principais conclusões que chegamos ao analisar o pensamento pedagógico de Georges Snyders. Tal análise visou apanhar e compreender a construção e o significado da Pedagogia Progressista proposta por este autor e a evolução
de seus conceitos básicos. Verificamos a evolução do pensamento do autor ao longo de sua obra, assim como dos conceitos principais por ele utilizados. Concluímos que apesar de podennos agrupar suas obras em dois grandes conjuntos com temas e preocupações diferentes, estes são
na verdade interligados, constituindo um no desdobramento e aprofundamento do outro. O tema da alegria na escola, que é característico das últimas obras de Snyders, não esta ausente em suas primeiras obras. A alegria na escola constitui um desdobramento da Pedagogia Progressista.

Biografia do Autor

Roberto Muniz Barretto de Carvalho, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e doutorado em Estudos Comparados Sobre As Américas pela Universidade de Brasília (2000). Atualmente é chefe do Serviço de Documentação e Acervo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Mais informações: http://lattes.cnpq.br/1900228901658436

Downloads

Publicado

1999-01-01