A pedagogia histórico-crítica e a defesa da transmissão do saber elaborado: apontamentos acerca do método pedagógico

Autores

  • Tiago Nicola Lavoura Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)
  • Ana Carolina Galvão Marsiglia Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2014v33n1p345

Palavras-chave:

Educação Escolar, Pedagogia Histórico-Crítica, Método dialético

Resumo

Este artigo possui como objetivo realizar uma discussão acerca do método pedagógico da pedagogia histórico-crítica, notadamente elucidando as bases de sua fundamentação referenciadas no Método da Economia Política elaborado por Marx na famosa Introdução de 1857. Desta feita, explicita-se o movimento do conhecimento como a passagem do empírico ao concreto pela mediação do abstrato, evidenciando o caráter mediador da educação na prática social, tomando esta como ponto de partida e ponto de chegada do trabalho educativo, tendo-se como momentos intermediários do método pedagógico a problematização desta prática social, a instrumentalização por meio da transmissão dos conhecimentos nas suas formas mais elaboradas e a catarse enquanto síntese de desenvolvimento do aluno e, consequentemente, a possibilidade de alteração da prática social humano-genérica. Assim, busca-se evidenciar a lógica dialética desta proposta pedagógica que defende a atividade de ensino na educação escolar como aquela responsável pela reprodução ideal do movimento real dos conteúdos escolares, permitindo o alcance da riqueza categorial dos objetos de ensino enquanto síntese de múltiplas determinações e relações numerosas. Nesse sentido, compreender o método pedagógico dessa teoria em consonância com os fundamentos do materialismo histórico-dialético é essencial para sua realização bem sucedida e coerente com sua proposição.

Biografia do Autor

Tiago Nicola Lavoura, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor do Curso de Educação Física e da Pós-Graduação em Educação Física Escolar na Universidade Estadual
de Santa Cruz (UESC).

Ana Carolina Galvão Marsiglia, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Doutora em Educação Escolar Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professora do Centro de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação
na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Downloads

Publicado

2015-06-18