O currículo das Licenciaturas em Ciências Naturais e Matemática em cursos a distância nos Institutos Federais do Brasil

Roberta Pasqualli, Marie Jane Soares Carvalho

Resumo


Este artigo analisa as relações entre o manifesto e o ativo nos currículos dos cursos de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática na modalidade de Educação a Distância nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia no Brasil. O método de investigação, organizado em três momentos, constituiu-se de: (a) localizar, entre todos os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia do Brasil, os cursos objeto da pesquisa; (b) analisar os ordenamentos das instituições ofertantes destes cursos; (c) analisar, cotejar e refletir, por meio da análise ideográfica e nomotética, o currículo como fenômeno em questão. A partir das análises realizadas, foram observadas experiências curriculares valorosas para a formação de professores; entretanto, foram assinaladas fragilidades na elaboração, na execução, na compreensão e na relevância do currículo para a formação de professores por meio da modalidade de Educação a Distância, uma vez que o currículo denota um processo de reflexão sistêmica que, demarcado por tomada de decisões e compromissos políticos, ancora-se em referenciais de diferentes tempos e espaços, ordens e percepções.

 


Palavras-chave


Formação de professores; Educação a distância; Currículo

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2017v35n1p134



Direitos autorais 2017 Roberta Pasqualli, Marie Jane Soares Carvalho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.