Contribuições do ensaio como experiência formadora do estagiário em filosofia

Gilson Luís Voloski

Resumo


O texto reflete sobre as contribuições do ensaio como experiência formadora do estagiário no ensino de filosofia. Objetiva destacar suas potencialidades na relação teoria e prática como formação para a autonomia docente. A reflexão tem por referência concreta a experiência de acompanhamento de estágios pelo autor, como professor orientador, em escolas da cidade de Florianópolis. Com base nas contribuições conceituais de Theodor Adorno, apresenta-se a modalidade ensaio como abordagem pedagógica crítica orientadora à prática de ensino e, ao mesmo tempo, como exercício de elaboração textual sobre a experiência de ensinar. A sistematização escrita como atividade conceitual reflexiva sobre a prática pedagógica é processo de autoconhecimento. É nessa atividade de pensar a própria ação que o estagiário também se autoforma como docente.


Palavras-chave


Ensaio; Experiência; Estágio em filosofia

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2017v35n4p1063



Direitos autorais 2018 Gilson Luís Voloski

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.